publicidade
18/09/19
Torcida do Santa Cruz apareceu na frente no recorte de quem ganha mais de dez salários mínimos. Foto: Bibby Fabisak/JC Imagem
Torcida do Santa Cruz apareceu na frente no recorte de quem ganha mais de dez salários mínimos. Foto: Bibby Fabisak/JC Imagem

Santa Cruz, Náutico e Sport avaliam pesquisa nacional sobre torcidas

18 / set
Publicado por Davi Saboya em Náutico às 7:09

Procurados pela reportagem do Blog do Torcedor e Jornal do Commercio, os representantes dos clubes do Trio de Ferro de Pernambuco comentaram sobre a pesquisa de torcida anunciada nessa segunda-feira pelo instituto Datafolha. Ainda mais Santa Cruz e Sport, que travam uma briga histórica pelo título de “Maior de Pernambuco” e “Maior do Nordeste”. De acordo com a pesquisa, realizada entre os os dias 29 e 30 do último mês de agosto, as torcidas do Sport e Santa Cruz estão entre as 20 maiores do Brasil.

Segundo o Datafolha, que perguntou “qual era o time de preferência”, ambos os rivais apresentam 1% cada de seguidores no país, em uma amostragem de 2.878 pessoas ouvidas em 175 municípios. É importante ressaltar que a margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos nesse recorte. Desses, 700 entrevistados estavam localizados no Nordeste, que contém a segunda maior população entre as regiões do território brasileiro. O Náutico atingiu o número mínimo, e assim, inserido na categoria “outros”.

Ao segmentar o estudo por região, Sport e Bahia apresentam 4% cada da preferência de torcida dos nordestinos. O Santa Cruz aparece com 2%, assim como Fortaleza, Ceará e Vitória. Mais uma vez, o Náutico consta em outros times. “Acho que a torcida do Santa é maior do que o mostrado na pesquisa. Por outro lado, vejo de forma positiva estarmos entre os maiores clubes”, comentou o presidente coral Constantino Júnior.

LEIA MAIS

> Sport e Santa Cruz no Top 20 das maiores torcidas do Brasil

> “Clube que amo e me sinto em casa”, afirma Pipico sobre Santa Cruz

> Vice-presidente do Santa Cruz tem encontro com oposição em reunião

> Lateral alerta Sport para jogo diante do América-MG

> No Sport, Guilherme diz que vive melhor momento da carreira

> Náutico já reverteu 2×1 sofrido fora nesta temporada

> Sem Camutanga, Náutico espera outros três titulares para decisão contra o Juventude

Já o vice-presidente do Náutico, Diógenes Braga, frisou que acredita que a baixa visibilidade nos últimos anos na Série C atrapalhou o desempenho na pesquisa. “O que os torcedores fizeram no ano passado na final do Estadual quebrando o recorde da Arena e agora no jogo do acesso foi sensacional. É muito mais muito representativo para a gente”, contou.

No País, o Leão e a Cobra Coral apresentam a mesma porcentagem de outros nordestinos como Bahia, Vitória, Fortaleza e Ceará, assim como dos cariocas Fluminense e Botafogo. Todos com 1%. O Sport preferiu não levar em conta a pesquisa, a classificando como “genérica” e sem condições técnicas de retratar a realidade. “Nós usamos as pesquisas mais confiáveis de outras entidades que fazem um recorte mais específico por região. Esta é feita apenas para beneficiar o Flamengo e o Corinthians”, afirmou o vice-presidente rubro-negro Carlos Frederico.

O Flamengo aparece na liderança do ranking tanto no Brasil quanto no recorte do Nordeste, que nesse caso apresenta uma margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos. Além disso, impressionou o número de pessoas que mostraram que não existe preferência por times no país: 22%.

No total, o rubro-negro carioca, atual líder da Série A do Campeonato Brasileiro e badalado nos últimos meses com as contratações milionárias, aparece na liderança do país com 20% da preferência do brasileiro. Seis pontos percentuais na frente do rival no quesito torcida, que é o Corinthians. A disparidade do Flamengo aumenta ainda mais na Região Nordeste e diferença sobe para 27% a 9%.

A seleção brasileira também foi citada na preferência dos torcedores. Em todo o país, 2% da pessoas entrevistadas preferem mais a pentacampeã mundial do que os cariocas Botafogo e Fluminense, como também os times pernambucanos, cearenses e baianos falados na pesquisa. No Nordeste, esse recorte sobe mais três pontos percentuais e segue na frente das agremiações da região.

Ainda sobre o Tricolor do Arruda, o curioso é que a pesquisa mostrou que a Cobra Coral tem a maior porcentagem de torcedores que ganham mais de dez salários mínimos. “Sabemos que grande parte da nossa torcida está na camada mais popular, mas existem tricolores em todas as classes”, disse Tininho, como é mais conhecido o mandatário coral.


FECHAR