publicidade
12/04/21
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

CPI da Covid-19 na Assembleia Legislativa ainda não está no radar da oposição a Paulo Câmara

12 / abr
Publicado por José Matheus Santos em Notícias às 9:41

A coleta de assinaturas para uma eventual instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) para apurar as ações do governo de Pernambuco no combate à covid-19 não está, neste momento, no radar da oposição ao governador Paulo Câmara (PSB).

Para a instalação de uma CPI são necessárias as assinaturas de 17 deputados estaduais, um terço do total de parlamentares na Assembleia Legislativa.

LEIA TAMBÉM:
> Governo de Pernambuco revoga em definitivo licitação para hospital de campanha nos Coelhos, no Recife
> Governo de Pernambuco lança novo plano emergencial de contingência nos leitos para covid-19

Segundo apurou o Blog, no entanto, a oposição não descarta iniciar o movimento para criar um fato político. “Vamos ver como as coisas evoluem”, resumiu um deputado oposicionista, sob reserva de fonte ao Blog.

Outro parlamentar defende a CPI como “um caminho”, mas defende que a articulação seja “uma ação coletiva da bancada da oposição”.

> Policial que trocou agressões com deputado Joel da Harpa é promovido na Polícia Militar de Pernambuco

Como a oposição tem apenas 10 deputados, e os independentes de PT e PSOL são 4, os adversários do governo reconhecem nos bastidores a dificuldade de chegar ao mínimo necessário para instalação da comissão investigadora. Seriam necessários, nesse caso, apoios de integrantes da base aliada de Paulo Câmara, o que tem chances remotas.

Além disso, até entre os deputados independentes, há aqueles com proximidades com o governo, como Doriel Barros e Dulcicleide Amorim, ambos do PT. Na sigla, a parlamentar vista como mais independente em relação ao governo é Teresa Leitão. No PSOL, o mandato coletivo Juntas também não é da base do governo.

LEIA TAMBÉM:
> Olinda abre seleção com quase 200 vagas temporárias e salários de até R$ 2.500; saiba como participar
> Prefeitura do Recife abre mais 1 mil vagas para inscrições no Crédito Popular de até R$ 3 mil
> Instituto lança programa online para formação de professores
> Parte da população de Aldeia ‘exige’ novo traçado para Arco Metropolitano

Entretanto, PT e PSOL veem dificuldades em se alinhar à oposição na Alepe em uma eventual coleta de assinaturas para CPI da Covid-19 porque o grupo adversário ao governo é liderado pelo deputado Antonio Coelho (DEM), aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

CPI no Senado

No plano nacional, o Senado Federal deverá instalar nesta terça-feira (13) a CPI da Covid-19 para apurar ações e omissões do governo Bolsonaro no combate ao coronavírus.

A comissão de inquérito será instalada após determinação do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), que observou o cumprimento dos requisitos necessários para a implantação da CPI.

Apesar de ter mais que as 27 assinaturas necessárias para a CPI, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) não deliberou sobre o assunto. Por isso, os senadores Jorge Kajuru (Cidadania-GO) e Alessandro Vieira (Cidadania-SE) entraram no STF com um pedido para a instalação da comissão.

O governo Bolsonaro tenta articular a inclusão de apurações sobre as atuações de governadores e prefeitos no combate à covid-19.


FECHAR