publicidade
10/07/20
Afogados e Vitória se enfrentam na rodada final da primeira fase do Estadual. Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Afogados e Vitória se enfrentam na rodada final da primeira fase do Estadual. Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem

Veja como Afogados e Vitória estão se preparando para a volta do Pernambucano

10 / jul
Publicado por Lucas Holanda em Campeonato Pernambucano às 13:23

Após alguns desencontros, o Campeonato Pernambucano está com data definida: retorna no dia 19 de julho, seguindo um protocolo rigoroso. O Estadual volta com a última rodada da primeira fase, que definirá os classificados ao mata-mata e quem vai disputar o quadrangular do rebaixamento, que será disputado em turno único e com tabela a definir. Ao todo, o Pernambucano vai precisar de cinco datas para ser concluído: uma no dia 19, depois as quartas e semis nos dias 21 e 29, respectivamente; e, por fim, as finais nos dias 2 e 5 de agosto.

Em contato com a reportagem do Jornal do Commercio, representantes de Afogados e Vitória detalharam como os dois clubes estão se preparando para a volta do Estadual. Curiosamente os dois times se enfrentam na última rodada da primeira fase. Se a Coruja do Sertão vencer, está automaticamente nas quartas de final do torneio, enquanto o Vitória vai usar o jogo como preparação para o quadrangular do rebaixamento, no qual a equipe já se encontra.

O presidente do Afogados, João Nogueira, recebeu essa volta do Estadual com tranquilidade, já que o clube aguardava o retorno do torneio. Além disso, destacou que a Coruja do Sertão já realizou os processos de sanitização que são obrigatórios, além de já treinarem desde o dia 25 de junho. “Essa volta já estava demorando demais. Dia 19 nós jogamos contra o vitória para sabermos a nossa posição na tabela. Na próxima semana já tem uma folha de pagamento para pagar. Se demora mais, os clubes teriam ainda mais dificuldades, porque ainda vamos jogar de portões fechados. As coisas não estão fáceis”, disse o presidente da Coruja do Sertão, que completou detalhando que pode demitir alguns jogadores para a disputa da Série D se as coisas não melhorarem.

“Eu conversei com o meu futebol e disse: vamos focar no Pernambucano, porque é o campeonato que classifica para outras competições (Série D e Copa do Brasil). Se as coisas não melhorarem, vamos ter que enxugar a folha. Vamos ter que demitir lá na frente e fazer um time mais simples para disputar o Brasileirão. Nós estamos treinando todos os dias e a minha maior preocupação é terminar esse Pernambucano, porque você fica sem saber muito bem como se programar. Nós dependemos daqueles que estão acima da gente”, pontuou.

Com relação à possibilidade de classificação para o mata-mata do Campeonato Pernambucano, João Nogueira detalhou que o clube está se preparando para buscar essa vaga nas quartas de final. “Temos esse jogo contra o Vitória e o Central joga com o Decisão, então podemos ficar de fora dependendo dos resultados. Mas estamos trabalhando para chegar nas cabeças e tentar brigar. Te digo que esse time é melhor do que aquele que começou o Campeonato Pernambucano”, explicou o mandatário, que completa destacando o cumprimento dos processos de sanitização do Afogados. “Tudo certo. Realizamos tudo que o protocolo manda”, finalizou.

LEIA MAIS

Presidente do Santa Cruz não crê em sede única nas séries A, B e C e aprova início ‘simultâneo’ das três competições

Salgueiro ainda não foi comunicado sobre fases finais do Estadual na Arena de Pernambuco

Volante busca evolução para voltar ao time titular do Náutico

Barcia avalia nova pré-temporada do Sport: “Mais tempo para trabalhar”

VITÓRIA

Com relação ao Vitória, o clube não venceu nenhum jogo antes da paralisação causada pela pandemia e, por conta disso, já está no quadrangular do rebaixamento, que será disputado em turno único este ano como forma de evitar um número maior de jogos. Sobre o retorno no dia 19, o presidente do Tricolor das Tabocas, Paulo Roberto, disse que o clube já vinha se preparando essa volta. “A gente já se preparava para essa data. Como não temos calendário para o restante do semestre, os nossos jogadores querem finalizar o Estadual para serem liberados e jogarem uma Série D ou outro campeonato nacional”, afirmou o mandatário, que detalhou sobre os protocolos exercidos pelo clube.

“Se todos os protocolos forem atendidos da mesma forma que vem sendo até aqui, a melhor forma é começar. Até porque vários setores da sociedade foram abertos. O futebol vem com protocolo, enquanto outros setores nem realizam testagem. O Vitória realizou toda a parte de sanitização no CT em todas as dependências. Com relação aos testes, todo mundo realizou tanto uma testagem nossa como a que a Federação Pernambucana enviou, além de ter que dar essa sequência na testagem”, explicou.

Com relação aos treinos, o presidente Paulo Roberto afirmou que o clube voltou a treinar na última quinta-feira, com o objetivo de tentar escapar do rebaixamento no quadrangular final. “Já treinamos nessa quinta e vamos seguir treinando seguindo o protocolo. Nossa expectativa para a disputa desse quadrangular do rebaixamento, que será em turno único, é tentar fugir da queda”, finalizou. Vale lembrar que dois dos quatro clubes são rebaixados à série A2 do Estadual.

 


FECHAR