publicidade
30/06/20
"Tem que preservar a vida e fazer tudo para que diminua o quanto antes essa curva de infectados", disse Edno Melo. Foto: Bobby Fabisaki/JC Imagem

Presidente do Náutico aprova decisão do Governo em não liberar volta dos jogos

30 / jun
Publicado por Fernando Castro em Náutico às 20:02

A decisão da Secretaria de Saúde em não liberar a volta dos jogos em Pernambuco foi aprovada pelo Náutico. O presidente Edno Melo considera a determinação prudente e ressaltou que o clube está de acordo com as orientações dos órgãos competentes e só vai voltar a jogar quando houver a liberação. Na última sexta-feira (26), o técnico Gilmar Dal Pozzo revelou que estava trabalhando junto com a comissão técnica com a possibilidade do time voltar a jogar no dia 5 de julho, data sugerida pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF), mas negada pelo Governo.

“A gente sabia da possibilidade de não poder voltar a jogar no dia 5. E eu acho prudente, inclusive, esse recado da volta do futebol. O que (Gilmar) Dal Pozzo falou foi em relação a equipe. Um time que está treinando quer jogar, quer ter uma data, fazer uma preleção, mas eu sou totalmente de acordo, o Náutico é totalmente de acordo e a gente só vai voltar realmente quando houver a liberação do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do Estado”, explicou o presidente Edno Melo.

LEIA MAIS

Futebol ainda sem data para retorno em Pernambuco

Se recuperando de lesão, Ronaldo Alves deve reforçar o Náutico no início da Série B

Náutico aposta em mudança tática para a volta dos jogos

Depois de sugerir a volta do Campeonato Pernambucano para o próximo domingo (5), a FPF já admitia a possibilidade da competição voltar a ser disputada entre os dias 8 e 12 de julho. Agora, com a decisão do Governo do Estado, o retorno segue indefinido. Depois de testar positivo e se recuperar da covid-19, o presidente Edno Melo entende que antes da retomada dos jogos, é necessário que o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus diminua em Pernambuco.

“As datas eram dia 8 e 12 de julho, mas eu não sei se vai ter condições de voltar, temos que observar se essa curva vai aumentar o número de infectados. E não é só o futebol, se olhar para o lado dos bares, restaurantes, a situação é bem complicada para eles. Então o que a gente tem que fazer é acatar a decisão da Secretaria de Saúde e eu acho corretíssima, tem que preservar a vida e fazer tudo para que diminua o quanto antes essa curva de infectados”, destacou o presidente alvirrubro.

TESTES

Enquanto os jogadores seguem treinando no CT Wilson Campos, a diretoria do Náutico está preparando uma segunda rodada de testes para o elenco e comissão técnica. Antes de estabelecer a nova data, o clube está definindo quantos profissionais vão ser testados, já que algumas pessoas que realizaram o exame na primeira vez apresentaram anticorpos para a doença. “A gente está aguardando ainda uma data com o laboratório. Estamos vendo a quantidade de pessoas que vão ser testadas, algumas não vão precisar testar mais”, disse Edno.


FECHAR