publicidade
02/04/20
Liverpool liderou a Premier League e tentava seu primeiro título do Campeonato Inglês em 30 anos. Foto: OLI SCARFF / AFP
Liverpool liderou a Premier League e tentava seu primeiro título do Campeonato Inglês em 30 anos. Foto: OLI SCARFF / AFP

Indefinição permanece sobre continuidade das principais ligas europeias por causa do coronavírus

02 / abr
Publicado por Klisman Gama em Futebol Internacional às 18:01

Ainda sem previsão para retornar às atividades, o futebol europeu vai buscando soluções para encerrar a temporada 2019/2020. Enquanto as principais ligas ainda fazem diversas reuniões para encontrar uma saída, além de aguardar o cenário da pandemia do novo coronavírus, há quem largou na frente em busca dessa decisão.

O futebol belga possui um acordo encaminhado. Os 16 clubes da primeira divisão local e oito da segunda se reuniram em busca de um denominador comum. 17 deles já se posicionaram a favor do cancelamento do campeonato com a seguinte conclusão: a tabela fica como está, o Club Brugge será declarado campeão e um grupo de trabalho avaliará se há condições de, mais para frente, se jogar a final da Copa da Bélgica. Para que seja chancelada esta decisão – que foi aprovada pela direção da Jupiler Pro League, organizadora das competições -, falta apenas a aprovação da Assembleia Geral da entidade.

Com tudo ocorrendo no rumo aparente, a Bélgica será o primeiro país europeu a dar um desfecho às suas ligas devido à pandemia do novo coronavírus. A recomendação da Uefa, depois de reunião com com suas 55 associações, é de que os campeonatos sejam finalizados até o dia 3 de agosto. Caso os demais países sigam o exemplo dos belgas, veja como que terminaria a disputa pelo título cada uma das principais ligas, se a pontuação acumulada for levada em consideração.

LEIA MAIS

>> Infantino diz não saber quando o futebol poderá ser retomado

>> Liga belga de futebol deverá encerrar a temporada mantendo a classificação atual

>> Após Boca Juniors, Cavani é especulado em clubes brasileiros

>> Neymar convida Prior, ex-BBB, para jogo da seleção brasileira ou PSG

>> Fortaleza tem crescimento de 20% no quadro de sócios em março, mesmo com pandemia do coronavírus

PREMIER LEAGUE

Na Inglaterra, ainda não há nenhuma definição. Clubes e organizadora esperam o desenvolvimento da pandemia no país para ter uma ideia de quanto tempo terão para retomar as partidas. Na possibilidade de encerrar da maneira que ficou a tabela nas 29 rodadas disputadas, o Liverpool levaria a tão sonhada taça com 25 pontos de vantagem para o Manchester City, segundo colocado. Seria a redenção dos Reds, que ainda não venceram a competição no atual formato e, mesmo assim, o time ainda é o segundo maior vencedor do campeonato nacional.

LA LIGA

A situação do Campeonato Espanhol e da maior parte dos outros é diferente da encarada na Inglaterra quanto a tabela. Isso porque a diferença entre o primeiro e o segundo colocado – aqui, entre Barcelona e Real Madrid – é de apenas um ponto. Vale ressaltar que ambos trocaram de posição três vezes nas últimas três rodadas disputadas, já que o Barça, perdeu uma vez e o Real duas. De acordo com informação do jornal Marca, se até o dia 27 de junho a competição não retornar, o provável desfecho será o cancelamento. Ainda sem decisão quanto a título, classificação para torneios continentais e rebaixamento.

SERIE A

Várias críticas têm sido feitas devido aos planos que muitos times do Campeonato Italiano tinham, de voltar aos treinos durante o mês de abril. Contudo, como o confinamento foi ampliado, a proibição segue valendo, pelo menos, até o dia 13 deste mês. Na tabela, a Juventus lidera com 63 pontos contra 62 da Lazio, que vinha em uma sequência de 21 jogos sem derrota e aguardava apenas um tropeço da Velha Senhora para assumir o topo.

BUNDESLIGA

O Campeonato Alemão já teve seu novo adiamento confirmado até o dia 30 de abril. Os clubes têm estudado uma forma de realizar novamente os jogos sem a presença de torcedores. Contudo, ainda é muito cedo para afirmar se esse desejo será concretizado. O Bayern de Munique, depois de um começo bastante irregular, se encontrou na competição e vinha se segurando na liderança, com 55 pontos, quatro a mais que o Borussia Dortmund, vice líder. Ao todo, 25 das 34 rodadas foram disputadas e a luta pelo título, além de uma possível queda da hegemonia bávara, esquentavam o interesse do público pelo campeonato.

LIGUE 1

Na França, o PSG do brasileiro Neymar liderava o campeonato sem muito incômodo. Mesmo com um jogo a menos em relação ao segundo colocado, o Olympique de Marselha, o time de Paris ostentava 12 pontos de diferença, sem ser incomodado na tabela. Um fato que repercutiu no país foi a suspensão do repasse da verba televisiva para a Ligue 1, no total de 110 milhões de Euros, por parte da emissora que detém os direitos de transmissão do torneio.

PRIMEIRA LIGA

O Campeonato Português, assim como o Espanhol e Italiano, vinha com uma disputa acirrada pela liderança. O Benfica, que tinha sete pontos de vantagem para o Porto na 19ª rodada, acabou ultrapassado pelo Dragão na penúltima rodada disputada antes da paralisação pelo coronavírus. No atual momento, o Porto lidera com 60 pontos, contra 59 dos Encarnados. A Liga Portuguesa de Futebol Profissional quer que a competição seja encerrada até o dia 30 de junho, mas não tem, ainda, um panorama de quando os clubes poderão jogar novamente.

Então, assim como os demais, ainda é preciso esperar uma definição melhor do cenário pandêmico em cada país para que decisões sejam tomadas, já que, por diversos fatores desportivos e financeiros, as Ligas e equipes tentam não cancelar o complemento de seus campeonatos.

PODCAST

Veja mais notícias do futebol internacional no podcast Liga do Escrete da Rádio Jornal. No episódio desta semana, a lista dos maiores técnicos do século XXI, quem é melhor Zidane ou Iniesta, além da retrospectiva da campanha da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2006. Ah, na trilha sonora… Pink Floyd!


FECHAR