publicidade
02/01/20
Goleiro assumiu titularidade após lesão de Maílson e foi um dos destaques no jogo do acesso. Foto: Divulgação/Sport
Goleiro assumiu titularidade após lesão de Maílson e foi um dos destaques no jogo do acesso. Foto: Divulgação/Sport

Contratação de goleiro pelo Sport surpreendeu Luan Polli

02 / jan
Publicado por Karoline Albuquerque em Notícias às 7:35

O goleiro Luan Polli assumiu a meta do Sport faltando apenas nove jogos para o final da temporada 2019, após aposentadoria de Magrão e lesão do titular Maílson. De terceiro goleiro, o arqueiro esteve em campo na conquista do acesso à Primeira Divisão pelo time e se destacou com suas atuações. Agora, ele vê outro atleta da posição chega para concorrer à titularidade na equipe rubro-negra em 2020, com a contratação de Carlos Eduardo.

A chegada do novato surpreendeu Polli. “A gente não espera realmente uma contratação. Mas acredito que a diretoria queria um novo nome. Acho que foi muito bem escolhido, porque com as saídas do Felipe e do Lucas, precisava realmente de um substituto. É um processo natural dentro do futebol”, disse, minimizando, em entrevista à Rádio Jornal.

LEIA MAIS:

>Elenco do Sport começa 2020 nesta quinta-feira

>Retorno de Rithely ao Sport é confirmado pelo BID

>Destaque da Copinha 2017 é novo reforço do Sport

O goleiro ainda acrescentou que é preciso se acostumar com essas contratações. Assim, ele quer aproveitar a maior concorrência para aumentar o nível de excelência dos goleiros do clube. Luan opina que junto a Maílson, recuperado, e Carlos Eduardo vai evoluir no dia a dia e, recorre ao clichê, quem ganha com isso é o Sport.

E como o time tem três competições logo no começo do ano, com Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste e Copa do Brasil, o goleiro acredita ainda que o técnico Guto Ferreira pode fazer um rodízio entre os atletas da posição. Logo em janeiro, a equipe estreia dia 19 e tem um jogo marcado a cada três dias, pelo estadual e pelo regional. A taça nacional ainda não tem data definida.

“São muitas competições, jogo praticamente dia sim, dia não. Acredito que vai ter revezamento. Vou trabalhar para começar o ano titular e, se possível, jogar todas as competições. Quero jogar, estar dentro de campo, lutando com a camisa do Sport o máximo de jogos possíveis, titular ou não”, concluiu Luan Polli.


FECHAR