publicidade
17/06/19
Pipico é um dos líderes do elenco do Santa Cruz. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Pipico é um dos líderes do elenco do Santa Cruz. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Pipico revela meta de gols pelo Santa Cruz e agradece carinho da torcida

17 / jun
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 10:18

O atacante Pipico não escondeu de ninguém que vive o melhor momento da carreira no Santa Cruz. Aos 34 anos, ele já marcou 13 gols em 24 jogos com a camisa coral nesta temporada. Isso sem contar com os números do ano passado quando foi contratado para a reta final da Série C do Campeonato Brasileiro e balançou a rede seis vezes em nove confrontos. Se depender do artilheiro, a sede de gols ainda está grande.

“Desde quando cheguei no Santa Cruz em 2018, cheguei para poder conquistar o que eu ainda não conquistei. Não conseguimos o acesso, mas fui muito feliz. Tenho minhas metas, não sei se vou conseguir chegar lá, mas tenho meu foco e objetivo. Esse ano está sendo maravilhoso. Tenho 24 partidas e uma meta e marca muito boa. Vou trabalhar mais para ajudar o nosso clube e conseguir o tão sonhado acesso”, contou.

Caso consiga o número de gols desejado, Pipico irá bater o recorde da carreira. O atacante espera aproveitar bem todos os jogos da busca pelo retorno à Segunda Divisão. Na Série C, tem quatro gols marcados e ocupa a vice-artilharia.

“A minha meta desde o começo do ano era fazer entre 20 a 30 gols. Infelizmente, tive a lesão no começo do ano e isso me prejudicou bastante. Tenho 13 gols, ainda faltam onze jogos até o fim da primeira fase da Série C”, disse.

LEIA MAIS

Santa Cruz mira vitória diante do Globo para se manter no G-4 da Série C

Zé Neves: o provocador de adversários

Milton Mendes sinaliza os “homens de confiança” no Santa Cruz

Artilheiro, Pipico pode desfalcar Santa Cruz no clássico contra Náutico

Desfalque contra Globo, volante Charles é o jogador com mais jogos no Santa Cruz

Volante afirma que Santa Cruz faz “tarefa de casa” ao estudar adversário

Com a artilharia, Pipico virou xodó da torcida do Santa Cruz. Ligação que, segundo o jogador, é especial e diferente do que aconteceu nos outros clube em que defendeu na carreira. No Arruda, Pipico tem status de ídolo e sabe que caso consiga um acesso ou título entra de uma vez por todas para a história do clube.

“Nunca vivi isso que estou vivendo hoje. Já passei por Vasco e Bahia, mas aqui está sendo um momento único. O torcedor pode ter certeza que a recíproca é verdadeira. Estou aqui, feliz, e vou continuar fazendo o meu melhor para retribuir ao carinho de todos”, declarou.

REFERÊNCIA

Além de artilheiro, o atacante Pipico é um dos líderes do elenco e o terceiro jogador que mais jogou pelo Santa Cruz neste ano. Em 24 jogos disputados, somente em um ele não atuou como titular. No total, foram 2.103 minutos. Ele só perde para o volante Charles e o goleiro Anderson que são o primeiro e segundo, respectivamente. O centroavante também faz parte do rodízio de capitães do técnico Milton Mendes.


FECHAR