publicidade
04/05/21
Hélio dos Anjos está
Hélio dos Anjos está "pendurado" com dois cartões amarelos e já foi expulso no Estadual. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Hélio dos Anjos demonstra preocupação com o número de gols sofridos pelo Náutico

04 / maio
Publicado por Lourenço Gadêlha em Náutico às 7:36

A derrota do Náutico por 3×0 para o Sport no último domingo (2), nas Ilha do Retiro, expôs um problema que tem incomodado o técnico Hélio dos Anjos: o número de gols sofridos. Mesmo com a liderança, o Timbu sofreu 11 gols em nove jogos na primeira fase do Campeonato Pernambucano, totalizando uma média de 1,22 gol por partida. Em entrevista, o comandante alvirrubro recordou a solidez defensiva implementada na sua chegada ao clube, ainda durante a Série B. No entanto, nesta temporada, isso não tem se repetido.

“Eu comemoro juntamente com eles e enalteço sempre nos resultados positivos. Foi de grande importância para nós baixar a média de gols tomados no Campeonato Brasileiro para conseguir se manter no Brasileiro, mas agora eu não estou gostando e não é só de hoje e do que aconteceu contra o Afogados. Eu estou impaciente com isso (gols sofridos)”, comentou inicialmente o técnico Hélio dos Anjos.

LEIA MAIS:

>> Após derrota para o Sport, Hélio dos Anjos vira a página e mira jogo do Náutico na semifinal

>> Hélio dos Anjos exime culpa da defesa após derrota para o Sport: “Time deixou de jogar”

>> Sport mostra eficiência, vence clássico e quebra invencibilidade do Náutico no Pernambucano

>> Após derrota do Náutico, Hélio dos Anjos dispara contra arbitragem de Pernambuco: ‘Não tem capacidade’

Na Segundona, o comandante esteve à frente do Náutico em 17 jogos, sofrendo 13 gols. Uma média de 0,76 por partida, inferior à atual de 1,22 no Campeonato Pernambucano. Aliás, no Estadual, apenas nas vitórias diante do Central e do Sete de Setembro, o Timbu não foi vazado. Impaciente com os números, o técnico Hélio dos Anjos lamentou os erros defensivos que originaram gols do Sport.

“Nessa semana, por exemplo, nós treinamos taticamente marcação, condição do time crescer nesse sentido. Achei horrível, o pior, que nós tomamos dois gols de bola parada. O terceiro gol que nós estamos de bola parada. Na minha visão, é ridículo você tomar um gol daqueles. Em termos de posicionamento, de movimentação. Erramos, pagamos caro. Só que nós vamos buscar os acertos. E essa é a minha responsabilidade sempre. Quando tem acerto, a gente trabalha pela motivação. Quando tem erro, a gente trabalha também pela obrigação”, concluiu.

>> Veja os confrontos das quartas de final do Campeonato Pernambucano 2021

O Náutico volta à campo no próximo domingo (9) pela semifinal do Pernambucano. O adversário do confronto será conhecido nesta quarta-feira, no duelo do Santa Cruz contra o Afogados, pelas quartas de final. O vencedor encara o Timbu em jogo único nos Aflitos, valendo uma vaga na grande final.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O NÁUTICO


FECHAR