publicidade
24/09/20
Lewandowski é a referência do Bayern. Foto: AFP
Lewandowski é a referência do Bayern. Foto: AFP

“Há muito que não surge na Europa um time como o Bayern”, diz técnico do Sevilla

24 / set
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 15:41

AFP – O técnico do Sevilla, Julen Lopetegui, elogiou o Bayern de Munique, adversário de sua equipe na disputa da Supercopa da Europa, nesta quinta-feira, destacando que não surge há muito tempo no continente um time com “aquela força e capacidade de jogar”.

“No momento, estamos motivados por voltar a disputar um título, de jogar contra um rival do tamanho e da categoria do atual Bayern”, declarou nesta quarta-feira Lopetegui, na coletiva de imprensa um dia antes do jogo em Budapeste, capital da Hungria.

“Penso que há muitos anos não surge na Europa um time com esta força e com esta capacidade de jogar e que nos motiva, entusiasma e nos ajuda crescer em todos os sentidos”, acrescentou o treinador do Sevilla.

A equipe espanhola, campeã da Liga Europa pela sexta vez em agosto passado, encara o atual vencedor da Liga dos Campeões quase sem ritmo de competição, já que só irá estrear pelo Campeonato Espanhol no domingo, contra o Cádiz.

LEIA MAIS

> Di María é suspenso por quatro jogos por confusão no jogo entre PSG e Olympique

> Frank de Boer é o novo técnico da seleção da Holanda

> PSG x Olympique segue agora no confronto dos vídeos incriminatórios

> Empresário de Bale chama de “ingratos” os torcedores do Real Madrid

> Torcedores do Bayern devolvem ingressos da Supercopa da Europa por medo da covid-19

“Fizemos dois amistosos, com o intuito de adaptar o treino ao ritmo da competição e tentar dar a todos um ritmo antes desta final”, explicou Lopetegui.

Mas, para o treinador do Sevilla, “acima da tática está a vontade, o espírito, o desejo que nos faz enfrentar tal jogo”.

“Não há outra coisa senão dar o nosso melhor, e faremos isso, para podermos competir”, destacou o técnico.

“Vamos precisar de características físicas, técnicas, táticas, mentais e de equipe, acima de tudo, temos que ser capazes de jogar em equipe”, afirmou.

“Contra um time com a qualidade do Bayern não há outra forma que atacar ou defender que não seja coletivamente”, concluiu Lopetegui.


FECHAR