publicidade
13/10/19
Foto: Léo Lemos/Náutico
Foto: Léo Lemos/Náutico

Opinião: Náutico pensa em derrubar marquise no setor de cadeiras para construir camarotes

13 / out
Publicado por Carlyle Paes Barreto em Náutico às 13:34

O Náutico vem debatendo internamente a possibilidade de derrubar a marquise no setor de cadeiras para a construção de camarotes e cabines de imprensa. O estudo é para saber qual melhor caminho: se venda direta ao torcedor ou através de parcerias. Demanda é o que não falta.

LEIA MAIS

> Ouça os gols do Sport sobre o São Bento nas ondas da Rádio Jornal

> Ex-Santa Cruz, Marcos Martins comete ato falho após Sport x São Bento

> Juninho Pernambucano tatuou um leão no braço. Foi para o Sport ou para o Lyon?

> Geraldo Júlio recebe a visita de comitiva do Náutico

> STJD multa Náutico por invasão de campo no jogo do acesso

> Torcedor do Náutico pode visitar troféu da Série C nos Aflitos

INVESTIMENTO NA BASE

Com a possibilidade de orçamentos maiores, Sport e Náutico querem investir mais na base, em 2020. Consequentemente, revelando o maior número possível de jogadores. E vendendo, claro.

A intenção é evitar, no futuro, intermediários no Brasil. Negociando direto para a Europa, valores seriam maiores. Mas para isso tem investir para se tornar clube formador. Como Cruzeiro, Grêmio, Santos…


FECHAR