publicidade
11/10/19
Alvirrubros invadiram estádio dos Aflitos no acesso à Série B. Foto: Marcio Carvalho/Cortesia
Alvirrubros invadiram estádio dos Aflitos no acesso à Série B. Foto: Marcio Carvalho/Cortesia

STJD multa Náutico por invasão de campo no jogo do acesso

11 / out
Publicado por Klisman Gama em Náutico às 12:37

Em decisão na manhã desta sexta-feira (11), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) multou o Náutico por conta da invasão da torcida ao gramado dos Aflitos no jogo do acesso, contra o Paysandu. O Alvirrubro terá que pagar um total de R$ 4 mil em multas, sendo R$ 2 mil por causa do arremesso de objetos ao campo, e os outros R$ 2 mil pela invasão. Por outro lado, o Timbu não perderá mandos de campo, então poderá mandar normalmente os seus jogos no Eládio de Barros Carvalho em competições comandadas pela CBF. O zagueiro Diego Silva, que acabou expulso no jogo, foi punido com uma partida de suspensão no artigo 250.

LEIA MAIS

>> No intervalo do jogo do Brasil, Jogadores do Náutico entraram em campo com a taça

>> Torcedor do Náutico pode visitar troféu da Série C nos Aflitos

>> Ex-diretor do Náutico comenta sobre bate-chapa nas eleições do clube

>> Opinião: detalhes e curiosidades do título do Náutico

>> Presidente do Náutico prefere que não haja bate-chapa nas eleições do clube

O Náutico foi denunciado no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva e corria o risco de perder até dez jogos de mando de campo, além de multa de até R$ 100 mil. Porém, a decisão do pleno do STJD foi branda e o Timbu terá apenas que pagar a multa.

SEGUNDO JULGAMENTO

O STJD também marcou o julgamento do Náutico referente ao jogo contra o Juventude, que aconteceu no dia 22 de setembro, também no estádio dos Aflitos. Lembrando que este foi o jogo que a Polícia Militar não participou da logística de segurança por conta do show da banda norte-americana Bon Jovi, marcado para o mesmo dia no Arruda. A diretoria do Timbu ficou na bronca com a PM e apontou que a ausência da instituição como uma forma retaliação. O julgamento será na segunda-feira, dia 14, às 11h30.

 


FECHAR