publicidade
22/01/21
Thiago Neves pouco apareceu na derrota do Sport para o Corinthians. Foto: Gustavo Amorim/Sport
Thiago Neves pouco apareceu na derrota do Sport para o Corinthians. Foto: Gustavo Amorim/Sport

Sport: derrota justa aumenta a pressão

22 / jan
Publicado por Marcos Leandro em Opinião às 10:32

Se merecia ter pontuado nos dois jogos anteriores, contra Palmeiras e Fluminense, na última quinta (21), diante do Corinthians, a derrota do Sport foi justa. O time até fez o goleiro Cássio trabalhar em alguns chutes perigosos no segundo tempo, mas o jogo já estava 2×0 para os paulistas. Um placar que ainda foi elevado para 3×0.

LEIA MAIS

> Sport começa bem, mas não segura Corinthians e perde em São Paulo pela Série A

> “Não tivemos capacidade de segurar os jogadores no nosso elenco”, afirma técnico do Sport

> Sport segue sem Hernane Brocador e conta com voltas de Júnior Tavares e Marquinhos diante do Bahia

Diferentemente também dois últimos jogos, o Sport voltou a ser um time mais retraído. Mais preocupado com a marcação. Porém, mesmo com a dobradinha na esquerda com Raul Prata e Sander, o Corinthians criou bastante pelo setor, com Fagner e Gustavo Silva. Com Patric como lateral-direito, a movimentação ofensiva do Sport se limitava a Dalberto, que esteve mais enrolado do que nunca. E Thiago Neves rodando no campo sem encontrar a bola.

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Nesse cenário, o gol do Corinthians era questão de tempo. E, apesar do esforço de Luan Polli, o primeiro do Timão veio com Gustavo Silva. O segundo veio logo no comecinho da etapa complementar, com Mateus Vital. Lance que fez o técnico Jair Ventura sentar no banco de reservas sem saber muito o que fazer. E de fato não tinha mesmo, devido às carências do elenco. A ida de Prata para direita e Sander para esquerda liberou Patric e o Sport conseguiu atacar um pouco mais. Mas nada que interferisse no rumo do jogo. No limite do Z-4, o clássico de domingo (24) contra o Bahia virou ainda mais decisivo.

PORTA ABERTA

Impressionante como a porta está aberta no Sport. Primeiro foi Lucas Mugni, depois o compatriota Jonatan Gómez, argentinos que deixaram o clube. Agora, o executivo de futebol Lucas Drubscky. Detalhe: está indo para o Bahia, um dos clubes que lutam, assim como o rubro-negro, pela permanência na Série A. E os dois ainda se enfrentam no próximo domingo, na Ilha do Retiro. Clássico regional ganhou ainda mais tempero. Como se precisasse!


FECHAR