publicidade
25/08/20
Foto: JC Imagem
Foto: JC Imagem

Presidente do Santa Cruz assegura contratação para lateral esquerda, mas garante: ‘não vamos trazer qualquer um’

25 / ago
Publicado por Filipe Farias em Notícias às 18:09

Após o acerto com o zagueiro Elivelton, que chega para compor o elenco do Santa Cruz nessa Série C, a diretoria coral mira todas as atenções para reforçar a lateral esquerda, já que atualmente o elenco tricolor não conta com nenhum atleta da posição. Desde a saída do titular Fabiano – acertou com o Operário-PR, que disputa da Segundona -, o técnico Itamar Schulle vem improvisando o zagueiro Célio Santos (que acabou se lesionando diante do Treze-PB) e, na última partida, contra o Botafogo-PB, requisitou o lateral-direito Júnior para atuar do lado esquerdo.

A atuação do ala, por sinal, foi elogiada pelo presidente do Santa Cruz. “Dentro da variação tática do jogo, o atleta tem de ter múltiplas funções. Júnior é destro e jogou na esquerda… Mesmo precisando girar o corpo para cruzar, ele chegou ao fundo do campo com força, intensidade, também marcou bem, fechou o corredor. Então, quando o grupo é comprometido e tem jogadores com qualidade, fica mais fácil desempenhar um bom trabalho. Superemos muitas etapas com a bela atuação de Júnior na lateral esquerda”, destacou Constantino Júnior, em entrevista no programa Fórum Esportivo, da Rádio Jornal.

Mesmo rasgando elogios ao lateral-direito pela dedicação ao atuar na esquerda, o mandatário coral compreende a necessidade urgente de trazer ao menos dois laterais-esquerdos, entretanto, a aquisição de novos reforços será feita com critérios rígidos para não inchar o elenco e estourar o orçamento já apertado do clube. “Sabemos que precisamos de jogadores da função, mas não vamos trazer qualquer um para não inchar o elenco e depois ficar com a dor de cabeça de ter de pagar e o jogador não ser aproveitado. Estamos ligados no mercado, atentos ao que está acontecendo e devemos trazer atletas para a lateral esquerda”, garantiu.

Leia mais:

Decisivo nos últimos jogos, Didira comemora bom momento no Santa Cruz: “fruto do trabalho”

Zagueiro Elivelton chega ao Santa Cruz para reforçar setor com poucas peças

Constantino Júnior exalta elenco do Santa Cruz e elogia comando de Schulle

Santa Cruz tem seu melhor início da história nos três primeiros jogos da Série C

A chegada de Negueba, por sinal, não será a última para o setor ofensivo. A direção coral também pretende trazer mais um jogador que atue pelas extremidades do campo. “Queremos mais um jogador de lado. Negueba chegou e vai nos ajudar muito. É um atleta de muita velocidade e intensidade”, elogiou Constantino Júnior o atacante que estreou com a camisa tricolor diante do Botafogo-PB. “Outro que está se soltando a cada jogo é o Jaderson. Temos uma boa competitividade no grupo e Itamar (Schulle) começa a ter uma boa dor de cabeça (para escalar). Está começando a ter boas opções”, destacou o presidente do Santa Cruz, que também está na busca por um centroavante de maior estatura e mais presença de área que Pipico e Victor Rangel.

APRIMORAMENTO

Depois de suportar uma maratona intensa de jogos assim que os campeonatos retomaram, o Santa Cruz começa agora a ter período mais espaçados entre uma partida e outra. Algo fundamental para que o técnico Itamar Schulle possa ir moldando a equipe taticamente, além de treinar jogadas para surpreender os adversários. “Agora é procurar cuidar bem do grupo, descansar os atletas ao longo da semana e trabalhar mais o lado tático. No jogo passado, por exemplo, já tivemos jogadas com algumas enfiadas de Chiquinho (para Jaderson e Victor Rangel). O gol surgiu de uma jogada ensaiada (gol de William Alves, após cobrança de falta de Didira). Tudo isso é fruto do trabalho de Itamar Schulle. O time com condições de treinar por mais vezes é claro que essas jogadas ensaiadas e o entrosamento aconteça mais facilmente. E, a tendência, é que o time cresça cada vez mais de produtividade”, assegurou Constantino Júnior.

O Santa Cruz volta a campo no próximo sábado (29), quando encara a equipe do Imperatriz-MA, às 17h, no estádio do Arruda, 4ª rodada da Série C. Em três partidas disputadas, o Tricolor soma sete pontos (duas vitórias e um empate) e lidera o Grupo A da Terceirona – o Remo também tem a mesma pontuação, mas perde no critério de desempate (número de gols: 5-4).


FECHAR