publicidade
25/08/20
Afogados foi eliminado pela Ponte Preta na terceira fase da Copa do Brasil. Foto: Twitter/Afogados
Afogados foi eliminado pela Ponte Preta na terceira fase da Copa do Brasil. Foto: Twitter/Afogados

Afogados perde outra vez da Ponte Preta e se despede da Copa do Brasil

25 / ago
Publicado por Marcos Leandro em Principal às 17:57

Chegou ao fim a histórica campanha do Afogados na Copa do Brasil 2020. Após deixar para trás dois adversários, Atlético-AC e Atlético-MG, a Coruja parou na Ponte Preta. Nesta terça (25), no retorno da competição após a paralisação do futebol por conta da pandemia do novo coronavírus, o time sertanejo perdeu por 2×0 para a Ponte Preta, em partida realizada no estádio Vianão, em Afogados da Ingazeira, pelo jogo de volta da terceira fase.

Antes da pausa nos campeonatos, o time de Campinas já havia vencido o primeiro jogo por 3×0, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas-SP. O resultado deixou a missão de hoje do Afogados muito complicada. Os comandados do técnico Pedro Manta vão se concentrar agora na preparação para o início da Série D do Campeonato Brasileiro. Já a Ponte Preta vai esperar o sorteio da quarta fase da Copa do Brasil e também voltar as suas atenções para a Série B do Brasileiro, onde ocupa a quinta colocação.

LEIA MAIS

> Biometria da torcida pode virar lei em Pernambuco

> Jair Ventura chega ao Sport e inicia trabalho de olho em recuperação na Série A

> “Dal Pozzo foi um pai para mim”, diz atacante do Náutico ao analisar temporada difícil

O JOGO

Mesmo precisando vencer por três gols de diferença para levar para os pênaltis e quatro para passar de forma direta, o Afogados não conseguiu pressionar a Ponte Preta, que conseguiu controlar bem o jogo.  Aos 26 minutos, o atacante Junior Mandacaru tentou, mas o arremate foi para fora.

Os paulistas assustaram aos 39, com Camilo (ex-Sport, Internacional e Botafogo), mas a zaga do Afogados afastou para escanteio. Aos 46, a Ponte chegou de novo com perigo. Alisson desviou e o goleiro Wallef evitou o gol. Mas no lance, o bom arqueiro do time sertanejo chocou-se com a trave.  Jeferson Danilo entrou no lugar de Wallef, que deixou o gramado e foi encaminhado para um hospital. No recomeço do jogo, aos 51 minutos, Zé Roberto abriu o placar para a Macaca.

No segundo tempo, o Afogados voltou querendo empatar, com Candinho e Júnior Mandacaru tentando incomodar o goleiro Ivan. Mas foi a Ponte que voltou a mexer no placar.  Aos 21, Guilherme Lazaroni cobrou falta, a bola bateu no travessão e entrou: 2×0.

Com a grande vantagem (5×0) no placar agregado, a Ponte Preta mudou bastante o time, administrou o resultado e ainda perdeu alguns gols. O placar ficou mesmo 2×0.

 


FECHAR