publicidade
07/04/20
Foto: Acervo / JC Imagem
Foto: Acervo / JC Imagem

FPF trabalha possibilidade do Campeonato Pernambucano voltar em maio

07 / abr
Publicado por Klisman Gama em Afogados da Ingazeira às 21:27

A pandemia do novo coronavírus mexeu na estrutura do futebol mundial e todos que fazem o esportes tentam articular maneiras de voltar com a realização dos jogos quando houver um cenário que garanta minimamente este retorno, como forma de diminuir os prejuízos existentes. Assim, a Federação Pernambucana de Futebol trabalha com a expectativa de voltar com o Campeonato Pernambucano já em maio, na metade final do mês. Contudo, apesar do otimismo, o presidente Evandro Carvalho admite que essa previsão ainda não é algo concreto.

“A nossa expectativa é otimista, de que nós possamos superar essa crise e, no final de maio, teríamos um cenário favorável para voltar com portões fechados. Mas claro que isso é uma expectativa, é um desejo. E só se efetivará se tivermos as condições de segurança dadas pelo ministério da saúde em uma autorização. A Alemanha já voltou hoje (7), existe uma perspectiva mundial que no final de maio tenhamos o controle da pandemia. Mas ainda é uma expectativa. Estamos apostando, acreditando nela, e vamos ver se dá certo”, afirmou o mandatário.

LEIA MAIS

>> Salgueiro, Afogados e Central aliviados por ajuda da CBF, mas cobram olhar mais cuidadoso a intermediários

>> Febre nas redes sociais, desafio Don’t Rush Challenge ganha versão de torcedoras do Santa Cruz

>> Em vídeo com profissionais da saúde, Sport anuncia atacante Ronaldo

>> Torcedores do Náutico compartilham comemoração pelos 119 anos do clube

>> Memória: no aniversário do Náutico, relembre o jogo do acesso à Série B de 2020 na voz de Aroldo Costa

>> Pandemia do coronavírus atrasa resultado de auditoria externa no Santa Cruz

Evandro Carvalho contou também que a Federação Pernambucana tem mantido conversas com pessoas da área de saúde para avaliar o cenário que a covid-19 vem fazendo no país e no estado. Além disso, usou como exemplo a Alemanha – que está em situação diferente da brasileira em relação ao combate do vírus – como uma possibilidade para que o futebol funcione aos poucos também por aqui.

“Já conversamos. É um desejo, entendimento e avaliação nossa junto ao Ministério da Saúde, aos técnicos de saúde daqui, todo mundo trabalhando nessa expectativa. Vamos ver se dá certo. A Alemanha não só acredita, mas também voltou aos treinamentos. Vamos ver se a gente tem essa sorte de voltar também. Existe um indicativo de tendência de redução nos Estados Unidos, Japão, Coreia, Alemanha, então está todo mundo ansioso para que isso possa também refletir aqui”, ressaltou. 

CANCELAMENTO? SEM CHANCES

Os clubes do interior têm buscado o encerramento do Estadual da maneira em que ele parou, tanto que já admitiram o recolhimento de assinaturas para que haja um arbitral entre as equipes para que o campeonato deste ano tenha um fim. O Trio de Ferro da capital adota uma postura conservadora, ainda querendo mais tempo para se debater e ter um parecer sobre a situação dessa volta. Só que, para a FPF, o cancelamento é algo que não deve acontecer. Segundo o próprio Evandro Carvalho, Campeonato Pernambucano vai voltar, “nem que seja em dezembro”.

Se não puder em maio, vai ser em junho. Se não puder em junho, vai ser em julho. O fato é que nós vamos fazer. Essa é uma certeza. Vamos realizar porque é necessário, é imperativo e imprescindível, porque é o Estadual que vai garantir as quatro vagas nossas de Série D e as três vagas que temos da Copa do Brasil. O Sport já tem uma pelo ranking, as outras três podem ser pelo ranking, mas em princípio são pelo Estadual, e não cogitamos perder essa quantidade de vagas que temos em Série D e Copa do Brasil. Nós vamos realizar. Não existe possibilidade de cancelamento. Nós vamos realizá-lo nem que seja em dezembro.


FECHAR