publicidade
30/12/19
Diretoria do Náutico mantém a calma para contratar novos reforços. Foto: Léo Lemos/Náutico
Diretoria do Náutico mantém a calma para contratar novos reforços. Foto: Léo Lemos/Náutico

Náutico não tem pressa para contratar novos reforços

30 / dez
Publicado por Fernando Castro em Náutico às 7:48

Depois de anunciar a contratação de sete reforços para a próxima temporada, a diretoria do Náutico passa agora a ter mais tranquilidade no mercado. Com a chegada dos novos jogadores e com a base do elenco campeão da Série C mantida para a próxima temporada, o vice-presidente alvirrubro, Diógenes Braga, pregou cautela para anunciar a chegada de novos reforços.

“A gente tem ido ao mercado com muita calma. Acompanhei a ansiedade da torcida nos últimos dias pelo fato de outros clubes estarem contratando. A gente usou muito a nosso favor o calendário, começamos a nos preparar mais cedo após a Série C. Então a partir do momento que a gente renovou com vários atletas e contratou os primeiros jogadores, a gente pode ter mais calma no mercado, até porque quando a gente mantém uma parte do elenco, não precisa contratar tanto”, destacou Diógenes.

Pelo fato de não precisar contratar muitos jogadores, a diretoria alvirrubra tem tido mais cuidado na hora de abrir as negociações, como aconteceu por último com o atacante Erick, que precisou de mais tempo para fechar a contratação. Até o momento, o Náutico anunciou as contratações do goleiro Marcão, do lateral-direito Bryan, do zagueiro Ronaldo Alves, do volante Luanderson e dos atacantes Salatiel, Guillermo Paiva e Erick.

“Não temos pressa para contratar, se tivéssemos, por exemplo, provavelmente teríamos fechado com outro atacante e teríamos perdido a oportunidade de trazer Erick. Para se montar elenco, uma das coisas necessárias é ter calma para buscar a peça certa, as vezes é melhor esperar um pouco e trazer a peça certa, foi assim com Jean Carlos, Álvaro e agora com Erick”, explicou o vice-presidente alvirrubro.

LEIA MAIS

>Segundo amistoso do Náutico contra o Treze não deve acontecer nos Aflitos

>Náutico de olho na Copa São Paulo de Futebol Júnior para continuar revelando talentos

>Diretoria do Náutico não enxerga dificuldade em manter Erick até o final de 2020

POSIÇÕES

Depois de anunciar o retorno de Erick, prioridade para preencher a vaga deixada pelo atacante Thiago, vendido ao Flamengo, o Náutico busca agora a contratação de um centroavante e de um segundo volante, posições desejadas pelo técnico Gilmar Dal Pozzo. O volante Fabrício, formado na base do Sport, chegou a ser oferecido ao Timbu, mas não interessou a diretoria alvirrubra, que monitora o volante Djavan, que disputou a Série B deste ano pelo Cuiabá.

“Queremos buscar um centroavante, o segundo volante estamos com calma, observando mais quem está em casa, é uma peça que Gilmar (Dal Pozzo) também quer. A gente tem tido também a preocupação de respeitar o orçamento, não queremos ultrapassar de forma alguma o teto de folha, mesmo em uma contratação como o Erick, que a gente precisa investir um pouco mais, ainda assim a gente não vai ultrapassar o teto estipulado”, completou Diógenes.


FECHAR