publicidade
14/09/18
Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

Autoridades antidoping arquivam investigação sobre Cheryshev

14 / set
Publicado por Maria Lua Ribeiro em Futebol Internacional às 8:58

AFP

As autoridades espanholas antidoping anunciaram nessa quinta-feira não ter encontrado indícios de doping por parte do atacante russo do Valencia Denis Cheryshev, ao fim de uma investigação aberta esta semana.

LEIA MAIS:

Chape vence e Sport afunda ainda mais na Série A do Brasileiro

Neymar lança revista com histórias em quadrinhos e é retratado como herói

Agência antidoping da Espanha abre investigação sobre Cheryshev

“Foi realizada uma investigação que terminou com o arquivamento da mesma por não encontrar indícios de condutas irregulares”, explicou a agência antidoping espanhola AEPSAD em carta publicada no Twitter pelo próprio jogador.

A AEPSAD informou que a investigação foi feita “em conjunto com a Agência Mundial Antidoping (Wada) e por causa de informações que aparecerem na imprensa sobre um suposto uso de substâncias proibidas no esporte durante seu tempo como jogador do Villarreal”.

Um porta-voz da AEPSAS confirmou à AFP a autenticidade da carta, datada em 13 de setembro.

As autoridades antidoping já haviam confirmado na quarta-feira a abertura da investigação devido a declarações do pai do jogador, o ex-atacante Dmitri Cheryshev, a um jornal russo.

Dmitri Cheryshev teria dito ao jornal Sport Week-End que seu filho recebeu injeções de hormônios do crescimento quando jogava no Villarreal.

Tomar hormônios de crescimento sem autorização médica pode levar à suspensão por quatro anos. O pai do jogador depois indicou que suas palavras foram manipuladas pelos jornalistas.

Denis Cheryshev, 27 anos, foi um dos destaques da Rússia na Copa do Mundo-2018, na qual anotou 4 gols.

Revelado pelo Real Madrid, o jogador chegou em 2016 ao Villarreal, que o emprestou ao Valencia para a atual temporada.


FECHAR