publicidade
05/09/18
Carlinhos Paraíba disputou 13 jogos e dois gols pelo Santa Cruz em 2018. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Carlinhos Paraíba disputou 13 jogos e dois gols pelo Santa Cruz em 2018. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Com salário alto, Carlinhos Paraíba fica fora do patamar do Santa Cruz

05 / set
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 17:26

O volante Carlinhos Paraíba dificilmente permanece no Santa Cruz para a próxima temporada. De acordo com informações apuradas pela reportagem do Jornal do Commercio, o grande entrave para uma renovação é o alto salário do jogador diante do atual patamar financeiro. Além disso, ele ainda tem mercado nas Séries A e B do Campeonato Brasileiro, inclusive, pode ser negociado ainda nesta temporada, pois disputou apenas uma competição realizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Carlinhos Paraíba foi contratado pelo Santa Cruz em parceria com projeto “Camisa 12”, que financiou parte da contratação junto a torcida. Segundo apuração, o vencimento do volante na segunda passagem dela no Arruda girou em torno de R$ 50 mil. Só que apenas R$ 20 mil (teto do orçamento) era pago na folha do departamento de futebol tricolor.

O Santa Cruz tem dois meses em aberto com Carlinhos Paraíba – agosto e setembro – e pretende chegar em um acordo para acertar o combinado na temporada 2018. Já existiu um encontro entre as partes para buscar um meio de quitar as pendências. A cúpula do futebol tricolor – o presidente Constantino Júnior, o vice-presidente de futebol Felipe Rego Barros e o diretor Jomar Rocha – estão na negociação.

Vale destacar que, como Carlinhos Paraíba jogou apenas a Série C do Campeonato Brasileiro, ele pode disputar as Séries A e B que estão com o segundo turno em andamento. Antes de voltar para o Santa Cruz, o atleta estava atuando Japão, onde passou seis temporadas.

LEIA MAIS

Jailson diz que deseja ficar e aguarda contato do Santa Cruz

Santa Cruz anuncia renovação do goleiro Ricardo Ernesto

Santa Cruz desliga executivo Fred Gomes

Em entrevista à Rádio Jornal, o presidente Constantino Júnior ressaltou a atuação do volante Carlinhos Paraíba nesta temporada. O mandatário coral destacou a importância do camisa 12 no dia a dia do elenco e clube, mas não escondeu a dificuldade para uma possível permanência. Ele ressaltou que o momento é de contenção de gastos para manter o Tricolor do Arruda equilibrado.

“É mais difícil permanecer com ele (Carlinhos Paraíba). Na hora que a gente aperta o orçamento complica. Mas o núcleo de futebol está cuidando disso junto ao Carlinhos (Paraíba). Agora claro, na hora que o sapato aperta existe uma mobilização. Foi um grupo de torcedores que nos ajudou conseguindo os recursos para trazer o jogador com o projeto Camisa 12. No momento de escassez, temos que limpar a casa e organizar para construir um sólido planejamento no ano de 2019, afirmou Constantino Júnior.

Carlinhos Paraíba disputou treze jogos pelo Santa Cruz na Série C e marcou dois gols. O rendimento dele poderia ter sido maior se não tivesse sofrido uma lesão grau dois na coxa direita. Aos 35 anos, a contusão atrapalhou o aproveitamento do atleta, principalmente nas horas decisivas.

 


FECHAR