publicidade
29/05/17
Profissionais alertarão os clientes sobre os danos à saúde que o tabagismo pode causar. Fumantes que desejem abandonar o hábito passarão por triagem para detectar o grau de dependência (Foto: Pixabay)
Profissionais alertarão os clientes sobre os danos à saúde que o tabagismo pode causar. Fumantes que desejem abandonar o hábito passarão por triagem para detectar o grau de dependência (Foto: Pixabay)

Farmácias de todo o Brasil promovem nesta quarta-feira ação contra o tabagismo

29 / maio
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 29/05/2017 às 18:05

A Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) promoverá nesta quarta-feira (31) a 4ª edição da Campanha de Saúde da entidade. Desta vez a programação alertará para os riscos e malefícios do cigarro. O tema fará referência ao Dia Mundial sem Tabaco. A ação envolverá mais de 550 farmácias associadas.

Leia também:
» Entre largar o cigarro e ter um coração saudável, 15 anos de distância
» “Algumas lesões causadas pelo cigarro são irreversíveis”, alerta pneumologista
» Tabagismo, obesidade e alcoolismo são fatores de risco para dor nas costas

Ao longo do dia, os profissionais alertarão os clientes sobre os danos à saúde que o tabagismo pode causar. Fumantes que desejem abandonar o hábito poderão também passar por uma triagem para detectar o grau de dependência. Com o resultado, o cliente receberá recomendações sobre como reduzir o nível de nicotina no corpo. “Dada sua capilaridade e proximidade com a população, a farmácia é um ambiente de saúde estratégico para a prevenção, orientação e continuidade dos tratamentos médicos. Também somos um importante canal de apoio na luta contra o tabagismo”, ressalta Sergio Mena Barreto, presidente executivo da Abrafarma.

As próximas ações da Abrafarma nas redes de farmácias orientarão a população sobre os riscos do colesterol, diabetes e problemas cardiovasculares, além de informar sobre imunização, autocuidado e atenção ao idoso. A entidade reúne as 27 maiores redes de farmácias do País, que contam com 6.500 lojas em todos os estados brasileiros e Distrito Federal. As redes associadas representam 44% das vendas de medicamentos no País.


FECHAR