publicidade
28/10/20
Por causa das lesões, Rafael Thyere tem apenas quatro jogos na temporada. Foto: Anderson Stevens/Sport
Por causa das lesões, Rafael Thyere tem apenas quatro jogos na temporada. Foto: Anderson Stevens/Sport

Com retorno de Rafael Thyere, Sport ganha mais experiência na zaga

28 / out
Publicado por Davi Saboya em Multimídia às 8:06

O Sport ganhou mais experiência na zaga com a volta do zagueiro Rafael Thyere no empate diante do Atlético-MG pela Série A do Campeonato Brasileiro. Aos 27 anos, ele sofreu com duas lesões na temporada, e até então, tinha disputado apenas três partidas neste ano. Em relação aos companheiros do setor Maidana (24), Adryelson (22) e Chico (22), Thyere é o mais experiente e o bom desempenho no retorno, sem tomar gols, deixou o defensor bastante feliz.

“Estávamos vindo de resultados negativos, tomando gols. Isso para nós zagueiros é muito complicado. É como atacante ficar sem fazer gols. Mas, dentro do que foi proposto pelo Jair (Ventura, técnico), acho que a equipe conseguiu desempenhar um bom papel, tirar a amplitude do adversário com os pontas”, afirmou o zagueiro.

“Isso gera confiança, mesmo a gente tendo defendido em boa parte do jogo, a entrega de todos foi fundamental. Espero que a gente possa seguir sem sofrer gols e volte a marcar para conseguir os resultados positivos”, completou.

LEIA MAIS

> Sport acerta retorno do olheiro João Maradona

> Destaque do Sport diante do Altético-MG, Luan Polli visa repetir boa atuação

> Confira os bastidores do empate do Sport diante do Atlético-MG pelo Brasileirão

> Contra Athletico-PR, Sport inicia sequência de quatro jogos decisivos na Série A

Rafael Thyere é um dos remanescentes do elenco que obteve o acesso à Série A no ano passado, inclusive, como titular. Só que a renovação do empréstimo junto ao Grêmio se estendeu até o início de 2020. O que levou o defensor a iniciar os trabalhos no Leão após a pré-temporada.

Depois de apenas três jogos e pouco antes da paralisação no futebol provocada pela pandemia do novo coronavírus, o zagueiro sofreu uma lesão na coxa. Já no retorno do futebol precisou superar outra contusão, agora, no tornozelo, durante os treinos.

“Foi um tempo bastante complicado para mim. Difícil. Nunca tinha passado tanto tempo fora dos gramados. Agradeço a Deus e depois a minha família, que esteve comigo me dando força. Parecia que era o primeiro jogo no profissional. Quando o professor (Jair Ventura) mostrou o esboço do que iríamos fazer, fiquei muito feliz pela oportunidade e por estrear de novo no Brasileirão”, disse Thyere. Veja mais da entrevista coletiva do zagueiro no canal do Dazn.


FECHAR