publicidade
16/09/20
Kieza ainda não desencantou este ano. Foto: Caio Falcão/Náutico
Kieza ainda não desencantou este ano. Foto: Caio Falcão/Náutico

Presidente do Náutico pede calma com Kieza e cita Jorge Henrique como exemplo de volta por cima

16 / set
Publicado por Lucas Holanda em Náutico às 15:08

O atacante Kieza chegou ao Náutico cercado de expectativas. No entanto, o camisa 9 alvirrubro não vem conseguindo ter o mesmo desempenho das duas passagem anteriores. Porém, mesmo rendendo abaixo do esperado, o presidente Edno Melo destacou que é importante ter calma, deixando de lado o imediatismo. Em entrevista ao comentarista Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal, o mandatário do Timbu afirmou que o modelo de jogo adotado pelo ex-técnico Gilmar Dal Pozzo atrapalhava o atacante Kieza.

Leia mais

‘Jogo de seis pontos’ contra Chape pode botar Náutico de vez na briga pelo G4

Velhos conhecidos, Lombardi valoriza confiança dada por Gilson Kleina no Náutico

Assista: Podcast debate final de semana de resultados positivos para Náutico, Santa Cruz e Sport

“Claro que entra (o custo benefício). A situação de Kieza: a maneira como a que o outro técnico jogava é totalmente diferente da que Gilson Kleina joga, com o time mais para frente, um time que ataca mais. Você vê que todo jogo está saindo gols de atacantes. Então eu acredito que o modelo de jogo anterior estava atrapalhando um pouco o desempenho de Kieza”, disse o presidente Edno Melo, que completa citando Jorge Henrique como um exemplo de volta por cima no Timbu, que outrora era criticado e hoje é um dos pilares do Náutico.

“Mas por outro lado você tem que ter cuidado com o imediatismo. Falavam isso de Jorge Henrique, que o custo benefício de Jorge Henrique não compensava. E Jorge hoje é titular absoluto e ninguém pede a cabeça dele. Muito pelo contrário. Hoje é um pilar do time. Então temos que ter cuidado com esse imediatismo. E também temos que ter cuidado com o que falei no começo da entrevista. Começam as críticas, você bota para fora de todo jeito e gera um passivo. Então estamos tendo esse cuidado para que não acumule mais causas do que já têm”, explicou o presidente alvirrubro.

Kieza, inclusive, ainda não atuou com o técnico Gilson Kleina. No entanto, o jogador está recuperado da lesão e está à disposição do comandante para o duelo desta sexta-feira, diante da Chapecoense, nos Aflitos.  Durante esse período, o centroavante foi flagrado em uma festa particular, sem a presença de máscaras e com aglomeração, o que resultou numa semana de isolamento e sem treinar. Em seguida, testou negativo para a covid-19, está treinando e deve ser relacionado para o confronto contra a Chapecoense.

Na Série B, Kieza tem um gol em dois jogos. No total, o atacante coleciona quatro tentos em 12 partidas pelo Timbu na temporada, ainda sem render o esperado.


FECHAR