publicidade
30/07/20
Salgueiro encara o Afogados da Ingazeira na próxima quinta-feira, no Cornélio de Barros. Foto: Reprodução/Instagram
Salgueiro encara o Afogados da Ingazeira na próxima quinta-feira, no Cornélio de Barros. Foto: Reprodução/Instagram

Sem favoritismo, Salgueiro recebe o Afogados em busca da final do Pernambucano

30 / jul
Publicado por Túlio Feitosa em Afogados da Ingazeira às 9:40

Visando título inédito no Campeonato Pernambucano, o Salgueiro e o Afogados da Ingazeira se enfrentam hoje pela semifinal com o mesmo objetivos, mas podendo alcançar marcas diferentes. O Carcará, caso vença, irá para sua terceira decisão contra um time da capital, já a Coruja, chegaria à uma decisão inédita na história do clube, ká que nunca disputou uma final da primeira divisão do Estadual. A bola irá rolar no estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro, às 19h30.

E dentro de campo, o veterano do futebol nordestino, Pedro Manta, vai encarar mais uma grande decisão no comando do Afogados. A equipe, que chegou a desbancar o Atlético-MG na Copa do Brasil, tem um bom aproveitamento em mata-matas na temporada. Dos três do campeonato nacional mais as quartas-de-final do Pernambucano, foram duas vitórias, um empate e uma derrota.

“O Afogados, nesses três últimos anos, vem sempre chegando bem, com resiliência. Fruto de um bom planejamento, de um orçamento realizado com os pés no chão. É um clube que está se estabilizando no cenário pernambucano”, destacou Pedro Manta, em entrevista à Rádio Jornal.

Leia Mais

>> Sport foca no triunfo ante Vitória para escapar da Série A2 do Estadual

>> “Se vencermos o Salgueiro, vamos brigar de frente contra os grandes”, diz presidente do Afogados sobre Pernambucano

>> ‘Quem quer ser campeão não pode escolher campo’, diz presidente do Afogados sobre jogar em Salgueiro

Em compensação, o Salgueiro teve a melhor campanha entre os times do interior de Pernambuco e terminou na segunda colocação da competição. Foram cinco vitórias, um empate e três derrotas, com um aproveitamento de 59,3%. Campanha suficiente para garantir a vaga direto para as semifinais.

Com mais chão percorrido, na história do Campeonato Pernambucano, o presidente do Salgueiro, José Guilherme, descartou o favoritismo, e destacou os feitos do Afogados ao destacar que camisa não pesa a essa altura do campeonato.

“Vai ser um jogo parelho. As equipes já se conhecem. O Afogados tem um treinador experiente e manteve a base da equipe do ano passado. O Salgueiro também manteve elenco e treinador. Será uma partida disputada, sem favoritos”, destacou Guilherme.

Manta x Neri

A decisão também será marcada pelo duelo entre escolas distintas. Atuando como treinador desde 2006, Manta irá bater de frente com uma filosofia diferente. No comando do Carcará, o português Daniel Neri, que trabalha no futebol pernambucano desde 2013, traz uma filosofia de outro continente para dentro de campo.

No início da temporada, o Afogados se saiu melhor, batendo o Salgueiro por 2×1 no Vianão, em Afogados da Ingazeira. O Salgueiro agora terá a revanche dentro de casa e contando com dois desfalques importantes na Coruja. Phillip e Diego Ceará, autores dos gols do Afogados contra o Salgueiro, não estão mais atuando na equipe sertaneja.


FECHAR