publicidade
30/03/20
Jefferson avaliou o período sem jogos por conta do coronavírus. Leo Motta/JC Imagem
Jefferson avaliou o período sem jogos por conta do coronavírus. Leo Motta/JC Imagem

Sem atividades no Náutico, goleiro Jefferson avalia rotina de treinos em casa

30 / mar
Publicado por Fernando Castro em Náutico às 17:48

Sem atividades no clube há duas semanas, por conta da pandemia do novo coronavírus, os jogadores do Náutico estão tendo que se adaptar a uma nova rotina. Um dos líderes do elenco, o goleiro Jefferson destacou a importância do clube ter colocado os profissionais a disposição dos jogadores para o auxílio das atividades físicas em casa, visando a perda mínima de condicionamento.

“Está sendo um período difícil. Não estamos treinando no clube, mas estamos treinando em casa, o Náutico teve essa preocupação, a preparação física, fisioterapia e fisiologia tiveram esse cuidado de passar treinos específicos para cada atleta, foram separados grupos e cada profissional ficou responsável por determinado grupo para que possam acompanhar os nossos treinos mesmo que de casa”, explicou o goleiro Jefferson. 

LEIA MAIS

> Náutico negocia contratação do meia paraguaio Júnior Brítez

> Ex-diretor do Náutico morre aos 33 anos com suspeita de covid-19

> Memória: relembre Náutico 1×0 Sport na voz de Aroldo Costa

CONSCIÊNCIA

Ainda sem uma data definida para o retorno dos campeonatos nacionais, o goleiro Jefferson pediu consciência dos jogadores para se dedicarem aos treinos em casa, orientados pelos profissionais do Náutico. Com a volta das atividades do futebol, o goleiro alvirrubro entende que o elenco não deve ter um período longo de treinamento, por isso destacou a importância do trabalho individual de cada jogador em casa.

“A gente tem que trabalhar, treinar para quando a gente voltar essa questão física não venha a pesar tanto, então é cada atleta ter consciência para fazer seu trabalho em casa. Tentar não perder tanto para ajudar o clube e a preparação, creio que quando tudo isso se resolver a gente vai ter um período curto para voltar a trabalhar, por isso a importância da gente trabalhar em casa para quando voltar se adaptar rápido ao que vai ser implantado”, avaliou.


FECHAR