publicidade
27/01/20
Milton Bivar falou sobre detalhes das finances do Sport. Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife
Milton Bivar falou sobre detalhes das finances do Sport. Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Presidente do Sport fala sobre orçamento e plano para pagar dívidas do clube

27 / jan
Publicado por Gabriela Máxima em Notícias às 12:58

O presidente do  Sport, Milton Bivar, esclareceu sobre o orçamento do clube para 2020. De acordo com o mandatário, o Leão não tem condições de contratar mais nenhum jogador, embora desejasse reforçar a equipe e até atender ao pedido dos rubro-negros e fechar com Diego Souza. Em entrevista ao comentarista da Rádio Jornal Ralph de Carvalho, Milton Bivar disse que não vai ultrapassar o orçamento do clube e conduzirá sua gestão com responsabilidade fiscal. Ele ainda falou sobre a dívida do Sport com o presidente do Retrô, Laércio Guerra, que já fez parte da gestão rubro-negra em 2018. “Ele colocou dinheiro e tem que receber”, observou.

Bivar comentou sobre o resultado da estreia do Leão na Copa do Nordeste, no último sábado, quando venceu o CSA por 1×0 fora de casa. “Para a gente não foi surpresa. O Sport vai apresentar um time forte no primeiro semestre. É um time que embora forte a gente não pode descartar que, se a gente tiver condições financeiras no futuro, reforçaremo o time”, comentou o presidente, que destacou. “Agora a gente não tem condições financeiras nenhuma, mas adiante, caso haja necessidade, vamos partir para contratar. Não podemos inflacionar a nossa folha. O importante é manter o nosso grupo em dia. Não adianta montar um timão dos sonhos e não cumprir com as obrigações a partir dos salários. Essa condição (financeira) não exite. Vamos ter que trabalhar com o que a gente tem em mãos. Estamos trabalhando baseado na frase de para-choque de caminhão: ‘não tenho tudo o que quero, mas amo tudo que tenho’. O tão sonhado meia armador? Isso é perna de cobra? Esta é a situação. É muito difícil encontrar esse jogador. Todos os clubes estão se virando de uma forma diferente”, comentou.

LEIA MAIS

>> Técnico do Sport elogia postura dos seus atletas e nível do adversário

>> Sport é eficaz  e vence CSA na estreia da Copa do Nordeste

DÍVIDA COM EMISSORA

Milton Bivar esclareceu sobre a dívida do Sport de R$ 18 milhões com a Globo. “A gente estava com uma ideia de um pleito junto a Globo para que aqueles R$ 18 milhões que seriam pagos entre 2019 e 2020… A gente queria parcelar e pagar em, por exemplo, parcelas de R$ 4,5 milhões esse ano e mais R$ 4,5 milhões no próximo. Mas infelizmente não conseguimos e vamos pagar tudo esse ano. Conseguimos parcelar em pelo menos 10 prestações. A cota bruta vai girar em torno de R$ 36  e 37 milhões. Já que tomamos um empréstimo para poder pagar uma parte que a gente devia no ano passado. Então, tem que diminuir 18 milhões desse total de 37”, explicou.

O Sport receberá o dinheiro da CBF em parcelas pagas todos os meses do ano. Bivar falou que a entidade começa a efetuar os pagamos a partir de 30 de janeiro. “Também tem uma parte que a gente não conta para esse ano. Mas é uma parte que eles liberam movida por conta do desempenho. Mas esse dinheiro só sai no dia 30 de dezembro, só depois que terminar é que recebe esse dinheiro”, comentou sobre as cotas.

ORÇAMENTO

“Estimativa continua por volta de R$ 60 milhões, mas não foi levado em consideração o que se deve e a parte do líquido e bruto. Esse ano está vindo grosso, pesado. Alguns acertos, por exemplo, Hernane, Rithely…E sobre Rithely eu só falo sobre o jogador. Porque tem o empresário e chega um número razoável de cobrança. Já chegou cobrança de Mark González. Isso já dá mais mais 13 milhões e quando junta com 18 milhões…Você vai ver e percebe que já tem 30 milhões para ser descontados”.

AMOR AO CLUBE 

“O homem lá de cima disse que o negócio (o Sport) estava precisando. Não é da minha competência e capacidade não. É de gente que ame o clube. Como esse povo que está trabalhando comigo. Todos amam o clube. As críticas vêm e o pessoal trabalha mais ainda. Estamos unidos e não é nenhuma fofoca que mexe com a gente não. Isso (as dívidas) não vai ser resolvido com Milton Bivar e sim daqui a seis anos. Com gestão que paga o que deve, gastando dentro da responsabilidade fiscal”, confessou Bivar.

LAÉRCIO E DIEGO SOUZA

“Quando você observa (a dívida) é algo que você não acredita. E ainda tem o nosso Laércio, com 4 milhões. Já está na Justiça. Ele colocou o dinheiro, tem que receber. No início do ano estive com ele. Ele é um cara legal. Conversei justamente isso para entregar percentual de jogador para que a gente conseguisse diminuir  a dívida. Mas ele disse que ia pensar e não aconteceu. Tenho contato com ele. Mas não queria me desgastar com ele, fazer um parcelamento e depois não pagar. Eu só estou fazendo onde eu posso pagar mesmo”, falou Bivar , que completou sobre Diego Souza. “Eu poderia até dar uma de populista e trazer o próprio Diego Souza que é um sonho da torcida. Poderia fazer um sacrifício, mas e depois? Depois é complicado. E uma coisa que eu não sou é populista”.


FECHAR