publicidade
12/10/19
O presidente Constantino Júnior (E) e o executivo Nei Pandolfo (D) estão em São Paulo buscando o treinador. Cruz. Foto: Rodrigo Baltar / Santa Cruz
O presidente Constantino Júnior (E) e o executivo Nei Pandolfo (D) estão em São Paulo buscando o treinador. Cruz. Foto: Rodrigo Baltar / Santa Cruz

Santa Cruz tem três técnicos na mira para próxima temporada

12 / out
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 9:41

O Santa Cruz começou a conversar com os candidatos ao cargo de técnico do time coral na próxima temporada. De acordo com informações apuradas pela reportagem do Blog do Torcedor e Jornal do Commercio, os treinadores Léo Condé, João Brigatti e Cláudio Tencati estão na lista da Cobra Coral. A busca pelo comandante está sendo capitaneada pelo executivo Nei Pandolfo e o presidente Constantino Júnior. Ambos estão em São Paulo em busca do melhor profissional e de parcerias para montar o elenco.

Não é a primeira vez que o acerto com Léo Condé é cogitado no Arruda. Segundo apuração, ele é o nome predileto do Santa. O último clube dele foi o Paysandu, no começo da Série C do Campeonato Brasileiro, antes da chegada do atual comandante Hélio dos Anjos.

LEIA MAIS

> Hériclis busca recomeço feliz no Santa Cruz

> Jovem meia do sub-23 tem metas bem definidas no Santa Cruz

> Opinião: Santa Cruz debate nomes do próximo treinador

Outro forte candidato é João Brigatti, que comandou o Sampaio Corrêa na campanha que originou o vice-campeonato da Série C do Campeonato Brasileiro. Apesar do time do Maranhão ter conseguido uma vaga na Segunda Divisão, pesa a favor dos corais o calendário mais cheio.

Isso porque a Bolívia Querida não irá jogar Copa do Nordeste e vai sofrer com o Estadual deficitário no começo do ano. Se o Santa Cruz chegar na final da Terceira Divisão de 2020, joga até o início do mês de novembro.

Correndo por fora tem Cláudio Tencati. Ele foi demitido recentemente do Londrina e atualmente está sem clube, assim como Léo Condé.

Nei Pandolfo deixou claro que para se enquadrar no perfil de técnico do Santa Cruz precisa ter experiência na Série C. O que deixa claro que nenhum nome sem bagagem no cenário irá desembarcar no Arruda, assim como foi com Milton Mendes no final deste ano.


FECHAR