publicidade
11/06/19
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Jogadores do Sport valorizam os três pontos conquistados contra o CRB

11 / jun
Publicado por Fernando Castro em Notícias às 23:54

A vitória por 1×0 do Sport sobre o CRB, nesta terça-feira (11), na Ilha do Retiro, não foi suficiente para colocar de volta o time rubro-negro no G-4 da Série B, mas serviu para o elenco ter uma tranquilidade extra para a pausa da Copa América. Sem apresentarem um grande futebol, os jogadores do Leão reconheceram o empenho durante o jogo e valorizaram os três pontos conquistados.

“Herói é todo o grupo, a comissão técnica e a torcida. Mais uma vez fui presenteado com o gol, pude ajudar, todo mundo sabe que não fizemos um grande jogo assim como foi contra o Vitória, mas a Série B é assim, difícil. O CRB tem um time muito bem montado e o que importa são os três pontos, a gente está de parabéns”, comemorou o atacante Guilherme, autor do gol rubro-negro.

Capitão do Sport, o lateral-esquerdo Sander lamentou as poucas chances de gols criadas pelo time. “O nosso objetivo era ampliar o placar, em alguns momentos a gente vacilou na posse de bola. É na posse de bola que a gente cria as jogadas e pecamos um pouco, mas independente disso o grupo está de parabéns para a vitória”, avaliou o jogador.

LEIA MAIS

Sport vence o CRB por 1×0, mas não consegue voltar ao grupo de acesso

Antes de Sport x CRB, muita correria e arruaça em frente aos Aflitos

Sport escalado para enfrentar o CRB com novidades

ESTREIA

Com uma virose, o zagueiro Rafael Thyere, titular durante grande parte da temporada, foi desfalque de última hora no time rubro-negro. Sem o jogador, Eder fez o primeiro jogo com a camisa do Sport e foi titular ao lado de Cleberson. O defensor se mostrou satisfeito com a estreia e comentou sobre a ausência do companheiro de equipe.

“Infelizmente foi em uma situação ruim do Thyere, conversei com ele antes do jogo, desejei melhoras para ele, vinha em uma fase boa. A oportunidade surgiu, estava pronto, vinha treinando com bastante intensidade, sabia que uma hora ia aparecer, porque o grupo é sério, vai aparecer chance para todo mundo e quem entra tem dado conta do recado. Fiquei satisfeito, no geral, não foi uma das minhas melhores partidas, mas foi uma atuação segura”, disse Eder.


FECHAR