tristeza

Aos 73 anos, cantora Vanusa morre de problemas respiratórios, em Santos

Aos 73 anos, cantora Vanusa morre de problemas respiratórios, em Santos

Cantora Vanusa, de 72 anos (Foto: Reprodução/Instagram)

Publicado em Notas 8/11/2020 às 8:39

A cantora Vanusa faleceu, na manhã cedinho, deste domingo, aos 73 anos, na casa de repouso, em Santos, onde vivia há dois anos. Ela deixa três filhos: Amanda, Aretha e Rafael.  Ela chegou a passar dois meses internada por problemas respiratórios e retenção de líquido.

Leia mais:
Aretha Marcos chora ao falar da mãe
Vanusa é internada para tratar de depressão e problemas químicos

Um enfermeiro foi quem descobriu o corpo, por volta das 5h30. Ele foi fazer uma ronda e ela estava sem batimentos cardíacos. Uma equipe da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) foi acionada e constatou insuficiência respiratória como a causa da morte. No sábado, ela havia recebido a filha mais velha, Amanda, e estava bem. O filho Rafael Vanucci ainda não definiu informações sobre velório e enterro.

TRAJETÓRIA

A cantora nasceu em 22 de setembro de 1947 na cidade de Cruzeiro (SP), mas foi criada em Uberaba (MG). Teve mais de 20 discos lançados. Vendeu mais de 3 milhões de cópias. Fez sucesso no exterior, fazendo shows no Uruguai e Chile.

Em 1972, casou-se com Antonio Marcos, com quem teve filhos.

Contou sua vida na autobiografia “Ninguém é mulher impunemente” e no monólogo musical “Ninguém é loura por acaso”, que estreou no teatro em 1999 em São Paulo. Em 2005, participou de eventos e shows comemorativos dos 40 anos da Jovem Guarda.

Segundo o crítico musical deste JC, José Teles, as músicas de maiores sucessos de Vanusa foram: “Pra nunca mais chorar”, “Manhãs de setembro”, e “Mundo Colorido”. “Ela foi quem primeiro gravou ‘Avohai’, de Zé Ramalho”, conta.

Relembre algumas músicas:

VIRALIZOU

Vanusa viralizou na internet em março de 2009 ao desafinar durante a execução do Hino Nacional na Assembleia Legislativa de São Paulo. Na época, disse que o “problema havia sido o uso de um remédio contra labirintite”. No ano seguinte, ela também não acertou a letra de “Sonhos de um Palhaço”, do ex-marido Antônio Marcos, durante evento em homenagem do Dia dos Pais, em Manaus. Ela, então, cantou um trecho de “Como Vai Você”, outra canção do ex-marido, e disse que sempre confundiu as duas canções.

Compartilhe
Tags:
Publicado por
Mirella Martins

Comentários