Sikêra Jr faz graves provocações contra Xuxa: “pedofilia é crime”

Sikêra Jr faz graves provocações contra Xuxa: “pedofilia é crime”

O jornalista Sikêra Junior (Foto: Reprodução/Interent)

Publicado em Notas 24/10/2020 às 8:59

Sikêra Jr carregou nas tintas no programa “Alerta Nacional”, desta sexta-feira. Desta vez, o alvo foi a eterna Rainha dos Baixinhos, Xuxa Meneghel. Por dez minutos, o apresentador da Rede TV teceu vários adjetivos em relação à gaúcha, com graves acusações como pedófila.

Leia mais:
Sikera pede perdão à Scatena por chama-la de “viúva de sorte”

O motivo do ódio destilado foi a obra “Maya, Baby Rainbow”, lançado pela Xuxa em plataformas digitais, que conta a história de uma menina que tem duas mães. Sikêra Jr. disse que a apresentadora quer “levar as crianças à travessura, prostituição e suruba”.

“Aquela que se autodenomina rainha. Aquela que vai lançar um livro LGBT infantil. Olhe para o filho dela, olhe para a filha”, disse a anfitriã. “O mesmo que fez um filme de nudez com uma menina de 12 anos. Ex-rainha, quero dizer-lhe que a pedofilia é crime e não prescreve ”, continuou.

Sikera também lembrou do episódio em que Xuxa afirmava que sua filha Sasha consumia maconha. “Sua filha diz que lhe ofereceu maconha. Pedir desculpas pelas drogas também é crime, ex-rainha”, continuou.

“Eu era menino, era seu fã, meu sonho desde criança era ir ao seu show”, disse Sikêra, que no entanto é apenas três anos mais nova que Xuxa. “Você acabou de fazer um evento apenas para um grupo de focas, seu programa não decolou. Não sei como os bispos e pastores ainda concordam”, continuou ele.

Em seu perfil no Instagram, Xuxa postou uma história de Sikêra zombando da zoofilia. “Meu arco-íris BB está vindo a este mundo com tanta necessidade de amor. Sei que este livro não é só para os pequenos mas para o mundo todo. Sei que muitos, sem ler, vão querer criticar, mas ela só quer colocar música, sorriso e alegria ” na vida de quem sabe que Deus é amor ”, escreveu a apresentadora.

veja o vídeo

Compartilhe
Publicado por
Mirella Martins

Comentários