INDENIZAÇÃO

Justiça determina que Val Marchiori pague R$ 30 mil a Ludmilla após caso de racismo

Justiça determina que Val Marchiori pague R$ 30 mil a Ludmilla após caso de racismo

Val Marchiori foi processada por Ludmilla após falas consideradas racistas (Foto: Reprodução/Instagram)

Publicado em Famosos 1/07/2020 às 12:09

No Carnaval de 2016, a socialite Val Marchiori foi protagonista de ofensas racistas para a cantora Ludmilla. No episódio, a loira comparava a peruca usada pela funkeira com uma palha de aço – ou bombril.

LEIA TAMBÉM
Ludmilla e a mulher, Brunna Gonçalves, contam que já contraíram coronavírus

Ludmilla, por sua vez, recorreu à Justiça, denunciando Val Marchiori por racismo. Quatro anos depois, a sentença foi divulgada, no último dia 29 de junho. A 3ª Vara Cível da Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, determinou que a socialite pagasse indenização. O valor chega a R$ 30 mil.

Em 2018, Val Marchiori chegou a ser condenada pela Justiça, que estipulou um valor de R$ 10 mil para Ludmilla. A ré, por sua vez, recorreu no processo. “Eu não concordo. Primeiro, eu posso dar minha opinião. Eu não xinguei a pessoa, eu não falei da índole dela, não falei da cor”, declarou na época.

Sobre a decisão do último dia 29, a defesa de Val Marchiori afirma que ela irá recorrer novamente. “A intenção nunca foi fazer um comentário racista. A Val comentava sobre uma peruca que a cantora estava usando e não sobre o cabelo dela”. A advogada Katia Antunes e Val Marchiori seguem afirmando que a socialite não é racista.

Compartilhe
Comentários