Danilo Gentili, Marina Ruy Barbosa e Mara Maravilha mentiram pra gente

Danilo Gentili, Marina Ruy Barbosa e Mara Maravilha mentiram pra gente

Danilo Gentili; Marina Ruy Barbosa; Mara Maravilha - Fotos: reprodução do Instagram

Publicado em Famosos 26/07/2019 às 6:40

Uma semana de muitos trotes ou trollagens, escolha o termo a depender da sua idade. Ou então chamemos de enganação mesmo. Marina Ruy Barbosa, Danilo Gentili e Mara Maravilha encenaram, respectivamente, um visual, uma agressão e uma exclusão para chamarem atenção, bombarem na internet e, assim, divulgarem marcas e pessoas. Trollar não é uma estratégia nova de divulgação, mas fé que, dessa vez, tenha cansado – a propósito, por que é interessante para a marca chegar ao público com pegadinhas? O “tudo pela audiência” também é coisa já antiga, mas simular uma garrafada na cabeça é – vamos pegar leve – de mau gosto, pouco inteligente.

Famosos criando ficção em redes sociais não-ficcionais confirmam, talvez, que estamos na era das fake news (e, por isso, precisam ser combatidas). Vão se salvar das mentirinhas somente aqueles que sempre duvidarem.

Nessa onda, Marina Ruy Barbosa é uma atriz e influenciadora digital que agora também faz pegadinha; Danilo Gentili é um humorista que não faz rir, e Mara Maravilha toma para si a ‘gongação’ de, entre as ex-apresentadoras de TV infantis, ser a menos lembrada.

A gente pode tomar a opção de apenas se divertir com as especulações e ficar numa caça à verdade, perguntando nos grupos de WhatsApp o que nossos contatos acham: “é verdade, ou não é?”. Mas, caro leitor, a troco de quê? Há entretenimento melhor, inclusive, no Instagram; e já temos ansiedades demais, dado o fluxo da vida contemporânea. Além disso, para a gente entrar nesse labirinto do “é verdade ou mentira”, há gente lucrando muito. Há gente lucrando muito enganando a gente.

Não sei se é justo, e você?

Marina Ruy Barbosa

Era segunda-feira, 22, quando Marina Ruy Barbosa saltou no feed do Instagram com um cabelo platinado. Logo ela, desde criança identificada na TV como ruiva. “Finalmente loira! Lembra que já tinha comentado com vocês minha vontade de platinar?”, escreveu, para não restar dúvida da mudança radical. Mas, não. Na quinta, 25, a assessoria de imprensa da atriz confirmou suspeitas de que se tratava de peruca. Para um marca de carro.

Danilo Gentili

Na manhã de quarta-feira, 24, pipocou nos alertas de notícias-tendência a de que Danilo Gentili, apresentador do SBT, foi agredido com uma garrafada na cabeça por um radialista, durante gravação de programa na Rede Brasil. Um vídeo mostrava Gentili melado de sangue cenográfico.

O autor fake (ainda bem, por um lado), chamado Diguinho Coruja, confessou o ato na sua conta no Instagram: “Hoje fomos gravar com o maravilhoso amigo Evê Sobral e acabei perdendo a cabeça. Agredi o Danilo Gentili. Peço desculpas ao Evê. Não foi minha intenção prejudicar o programa. Vou procurar ajuda”.

Gentili também falou sobre o caso fake na rede social: “Pessoal, já me sinto melhor. Não farei maiores comentários sobre o assunto até esclarecer as coisas com quem fez isso. Acredito que ele é uma boa pessoa mas se descontrolou. Obrigado a todos vocês que se preocuparam. Obrigado ao @omarcioamerico pelo pronto socorro”.

Na tarde da quarta, o SBT teve de desmentir. “Com garrafa e sangue cenográficos, a ação não trouxe danos reais a Danilo, que se encontra bem e sem ferimentos, gravando o ‘The Noite’ normalmente já na tarde desta quarta-feira”, lê-se no comunicado.

Mara Maravilha

Também na quarta-feira, 24, o comentário de Mara Maravilha, “Esqueceram de mim!”, no post de Xuxa, em foto junto com Angélica e Eliana para campanha de marca de beleza, viralizou. Mara teria sido excluída da seleção de ex-apresentadoras infantis e ainda teria recebido um fora de Xuxa, que respondeu com “Beijo, beijinho que não sai, pra você”. A frase, com potencial de meme, remete à promessa de 18 horas de fixação do batom lançado pelas três. E não só pelas três – afinal, no dia seguinte, a quinta, 25, lá estava Mara Maravilha também na campanha, assumindo o papel da excluída que não se contenta: “Esqueceram de mim? Mas eu vim mesmo assim”. Ou seja, marketing calculado.

Outros casos

Esse tipo de estratégia já foi usado pela publicidade, e muito. Há uns anos, uma cervejaria teria infiltrado duas jovens tchecoeslovacas no programa “Pânico”, que se dizia engabelado, numa ação de divulgação disfarçada. Já Claudia Leitte, não faz tempo, anunciou que iria tirar o “Leitte”, mas era pegadinha pra vender suplemento destinado a pessoas intolerantes à lactose. E, não sei se lembro bem, não foram lá grandes campanhas, exceto a repercussão gerada previamente, sem o produto ainda em jogo.

É um tipo de estratégia arriscada, inclusive. A possibilidade de a gente, o público consumidor, tomar abuso é alta. Também pode-se passar a tratar esses famosos como truqueiros. Adjetivo usado no Nordeste para descrever quem vive de dar truques, enrolando, levando vantagem com enganação. Quase como no jogo, mas nesse caso sem que o jogo esteja anunciado.

Em truques não há verdade, nem verdades.

NOTA: achamos relevante analisar esse assunto porque os falsos acontecimentos renderam notícias que estiveram entre as mais lidas da semana; no Social1, a falsa agressão a Gentili foi a mais lida e esteve entre as mais de todo o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação.

Compartilhe
Publicado por
Romero Rafael

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com