publicidade
17/05/19
Backstage do desfile de Caio Nascimento no DFB 2019 - Foto: Nicolas Gondim / Divulgação
Backstage do desfile de Caio Nascimento no DFB 2019 - Foto: Nicolas Gondim / Divulgação

Caio Nascimento sugere que nos vistamos com nossos protestos

Publicado por Romero Rafael em Galerias às 13:24

Fortaleza – “Paz, elegância, amor e tesão” é o nome da coleção do estilista Caio Nascimento, de Quixeramobim (CE), apresentada na noite de quarta (15), no 20º Dragão Fashion Brasil, o DFB Festival. A maioria dos modelos entrou com um adesivo tapando a boca, em que estava escrito “não”, como que pessoas censuradas. As quatro palavras que formam o nome da coleção apareceram em algumas das peças, numa referência à logomania (aquela tendência em estampar o nome da marca nos produtos; sendo que, aqui, o nome Caio Nascimento é visto só uma vez, ainda bem). Em outra peça lia-se “Não 1964” ou ainda nomes de vítimas da ditadura brasileira, como a estilista Zuzu Angel. Havia “Paz” até numa cueca.

A trilha sonora trazia locução que reconstituía radialistas dos anos 60, década do golpe militar, e soltava reflexões como “Aguentaria voltar àquele tempo e reviver as mesmas manchetes?”; ou “Como é possível aguentar? Pense nisso!”, numa crítica aos elogios à ditadura feitos pelo presidente Bolsonaro. Um compilado de declarações homofóbicas do mandante do País também fez parte da trilha, além do rap “Elevação Mental”, de Triz, rapper transgênero não binário, que solta frases importantes aos dias hoje, como “O preconceito não te leva a nada/ o ódio mata, o amor sara/ de qual lado você vai ficar?”.

Escute, enquanto lê o texto e vê a galeria:

Se moda é comportamento, muito mais do que roupa, Caio Nascimento sugere, de certa forma, que nos vistamos com os nossos protestos, bandeiras e desejos, independente de quais peças.

Mas no caso dele, o protesto caiu muito bem num jeans molinho (um chambray) e em peças (levinhas, sutis e espirituosas) de algodão brancas, amarelas e listradinhas intercalando branco com cor-de-rosa.

Veja galeria:

Confira mais sobre o evento nos Highlights do @blogsocial1 no Instagram.

LEIA TAMBÉM:

Em seu primeiro desfile, Vitor Cunha surpreende com jangadeiro moderno

DFB Festival (ex-Dragão Fashion) se muda para a Praia de Iracema, com megaestrutura e acesso livre

*Repórter viajou a convite do DFB Festival



FECHAR