Acusado de agredir Cristiane Machado, Sergio Schiller se entrega à polícia, diz site

Acusado de agredir Cristiane Machado, Sergio Schiller se entrega à polícia, diz site
Publicado em Famosos 28/11/2018 às 8:17

De acordo com informações publicadas pelo site F5, da Folha de São Paulo, Sergio Schiller Thompson-Flores entregou-se às autoridades nesse domingo (25). O ex-diplomata é acusado de agredir a esposa, Cristiane Machado, A atriz, recentemente, divulgou vídeos e falou sobre as agressões no Fantástico. O relato, assim como as imagens, surpreenderam o público. De acordo com Pesquisa Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 503 mulheres são agredidas por hora no Brasil em 2017.

LEIA TAMBÉM > Azealia Banks afirma que show cancelado no Brasil foi culpa de Pabllo Vittar: “Manobra para tentar influência internacional”

O site alega que entrou em contato com a Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária) do Rio de Janeiro. O órgão teria confirmado que o ex-diplomata  “ingressou no sistema prisional na noite deste domingo (25)”.

O Caso

Segundo o Ministério dos Direitos Humanos (MDH), cenas como as exibidas por Cristiane Machado no Fantástico desse domingo (18) já haviam sido denunciadas 73 mil vezes no Brasil entre janeiro e agosto de 2018. No programa, a atriz revelou que sofreu diversas agressões do marido, o ex-diplomata e empresário Sergio Schiller Thompson-Flores. Além disso, ela detalhou como a violência começou e afirma ter medo de ser vítima de feminicídio.

LEIA TAMBÉM > Susana Vieira fala sobre luta contra a leucemia em entrevista ao ‘Fantástico’

Cristiane Machado e Sergio Schiller casaram-se com apenas oito meses juntos. Mas o romance, que começou de forma bela, transformou-se em pesadelo quando ela começou a sofrer agressões físicas do ex-diplomata. Eles se conheceram em março de 2017, começaram a namorar em maio e se tornaram noivos em agosto. Casaram-se no civil em novembro. A cerimônia religiosa aconteceu em abril deste ano.

Segundo a atriz, a primeira agressão aconteceu após o casamento no civil:

“Começa muito sutil. É um empurrão ou uma palavra grosseira. Ele me diminuía, me chamava de burra e não gostava do meu trabalho. Ele queria me tirar da minha vida de atriz. Depois eu não podia mais ter senha no meu celular para ele ter acesso. Sempre que discordava era uma briga. Um dia ele chegou estressado e me empurrou, me deu o primeiro tapa”.

Cristiane Machado sobre primeiras agressões

Logo depois da fala, ela exibiu um vídeo no qual Sergio Schiller aparece quebrando objetos da casa com o uso de uma machadinha: “Foi uma madrugada inteira. Eu tentava ir embora e pedia para ir embora”. Após conseguir ligar para a polícia, ele foi preso. O ex-diplomata, porém, pagou fiança e foi proibido de aproximar-se da atriz. O episódio aconteceu antes do casamento religioso.

Depois do perdão

“Estávamos com o casamento religioso todo pronto. Eu estava na casa da minha mãe quando os filhos dele me procuraram. Ele se ajoelhou na rua, pediu desculpas na frente dos filhos. E eu perdoei”, contou Cristiane Machado.

As agressões, porém, não pararam: “É uma linha muito tênue para a gente entender que um empurrão é uma agressão. Ali já acabou a relação”. Ainda na reportagem do Fantástico, ela exibe um áudio de uma ameaça feita com uma faca.

Apesar da gravidade da ameaça, as agressões continuaram até que as câmeras escondidas no quarto exibiram um enforcamento: “Ele chegou em casa nervoso. Ele pegou um fio te telefone grosso e grande e botou no meu pescoço. Me enforcou e largou. Eu estava ameaçando ir embora, então ele trancou todas as portas, fechou tudo e falou: ‘Você não vai sair daqui, se não você morre. Eu te mato e depois eu me mato'”.

Cristiane fez nova denúncia na delegacia da mulher, que não pôde ter informações exibidas por causa de uma liminar recebida pelo programa. Em nota ao Fantástico, os advogados de Sergio negam que as agressões tenham ocorrido.

Compartilhe
Publicado por
Victor Augusto

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com