Susana Vieira fala sobre luta contra a leucemia em entrevista ao ‘Fantástico’

Susana Vieira fala sobre luta contra a leucemia em entrevista ao ‘Fantástico’

Susana Vieira - Foto: reprodução

Publicado em Notas 19/11/2018 às 11:07

Em  ao “Fantástico”, a atriz Susana Vieira falou, pela primeira vez, sobre a batalha que enfrenta há quase três anos contra a leucemia. O diagnóstico veio em 2015 quando a atriz precisou se submeter a uma série de exames pré-operatórios. Num deles, ela descobriu ser portadora de leucemia linfocítica crônica, um tipo menos agressivo de câncer, que não impede o crescimento de células saudáveis.

“A primeira pergunta que eu fiz pra ele [o médico] foi: ‘Eu vou morrer quando?’ E ele disse que eu vou morrer, sim. Mas não necessariamente dessa doença. Segunda pergunta: ‘Eu vou perder meu cabelo?’ Se eu conto isso para as pessoas pode parecer uma vulgaridade, mas não é. É porque a gente é mulher e morrerá mulher, e cabelo para nós é algo tão importante, um trauma que só nós sabemos. A perda dele é o carimbo da doença câncer”, recordou Susana.

Susana, na época vivia a personagem Adisabeba na novela “A Regra do Jogo”, de João Emanuel Carneiro, mas os médicos a liberaram para trabalhar normalmente. “Os médicos não sabem o que é gravar novela, são dez horas de trabalho por dia, e você precisa estar viva, com energia. E eu fiz a dona daquele morro. Depois, fiz um ano inteiro daquele programa que me divertia, o Vídeo Show. Aquilo foi outra terapia. E eu fiz o seriado Os Dias Eram Assim, isso tudo com a doença”, ressaltou.

A doença estava controlada até o final de 2017. Mas, após uma viagem a Miami, nos Estados Unidos, para visitar o filho e netos, a atriz viveu um momento difícil e precisou ser hospitalizada. “Peguei um resfriado, uma gripe horrorosa, entrei no avião sem ar nenhum, com muita dor no peito, no pulmão. Cheguei aqui e não conseguia subir a escada da minha casa, sem ar e sem poder andar. Minhas pernas falharam. Aí eu tive que ficar na CTI quase 10 dias”, contou Vieira, se emocionando em seguida.

“Tiveram que trocar minha fralda porque eu não podia levantar. Quando eu me vi tão exibida, tão vaidosa, tão Senhora do Destino, tão rainha de bateria, a bailarina do Teatro Municipal, a Susana Vieira, com uma enfermeira tendo que trocar minha fralda porque eu não dava conta. Isso foi muito pesado. Pelo lado da minha vaidade. Aí bateu: você vê que está doente”, desabafou a estrela, que passou pela quimioterapia assim que saiu do hospital. Os cabelos, no entanto, não foram perdidos com o processo.

Questionada por Poliana Abritta sobre o porquê de ter mantido a doença em segredo, Susana explicou: “Eu acho que quando você fica doente, para todos nós que somos produtivos e independentes, existe um medo de ficar dependente, medo do desemprego, medo da solidão. Existe a vergonha de você ficar doente. O que eu mais valorizava na vida era eu ter saúde, eu batia no peito que eu tinha 50, 60, 70 anos, com muita saúde. Eu tenho pavor de morrer, se a morte chegar, eu vou esbofeteá-la!”

Este ano, para festejar a boa saúde, ela pretende fazer uma festa de Natal e fala dos planos para 2019: “Bom, eu primeiro queria fazer o Natal aqui em casa com todo mundo. Eu acho que vai ter uma natal bem grande aqui. E depois a Globo já me ofereceu trabalho e eu aceitei”.

Compartilhe
Publicado por
Anneliese Pires

Comentários
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com