publicidade
31/08/17
Diógenes Braga diz que se o Náutico cair para a Série C é trabalhar para reerguer o clube. Foto: Léo Lemos/Náutico
Diógenes Braga diz que se o Náutico cair para a Série C é trabalhar para reerguer o clube. Foto: Léo Lemos/Náutico

Ideia de ter diretor remunerado agrada vice do Náutico

31 / ago
Publicado por Karoline Albuquerque em Instant Articles às 18:44

O vice-presidente de futebol Diógenes Braga ainda monta a nova direção do Náutico e não esconde a vontade de ter alguém remunerado no grupo, para que haja dedicação exclusiva ao clube. Além de ocupar o cargo até dezembro, após a renúncia do presidente Ivan Brondi, Diógenes foi eleito vice na aclamação da chapa Resgate Alvirrubro, assim permanecendo no quadro após o fim desta gestão.

“Já cheguei a conversar com pessoas de que me agrada a ideia de uma diretoria remunerada, alguém que tenha dedicação exclusiva ao clube. Mas foram conversas informais que tive com pessoas. Se eu chegar e dizer que vou implementar, não procede”, explicou o vice-presidente.

LEIA MAIS:

Vice de futebol do Náutico não descarta Barbosa e Homem de Melo na diretoria

Para vice de futebol do Náutico, substituição de Erick é natural

‘Antecipar 1º de janeiro para agora pode ser um erro’, diz vice de futebol do Náutico

A ideia, porém, não é imediata, segundo Diógenes. “Eu gosto de algumas coisas que incrementem, novidades que tragam um pouco mais de vivência. Mas as coisas que eu penso têm que ser implementadas a seu tempo. Às vezes você tem uma ideia boa, mas tem que ver o momento correto de implementar”, emendou o alvirrubro.

Um executivo de futebol não é novidade no Náutico. O mais recente foi Alexandre Faria, atualmente no Sport, que ficou até o final do mês de abril de 2016 no cargo.



PUBLICIDADE
FECHAR