publicidade
16/05/18
Equipe do front a postos para comandar a noite de harmonização. Fotos: Carol Laranjeiras/Divulgação
Equipe do front a postos para comandar a noite de harmonização. Fotos: Carol Laranjeiras/Divulgação

Masterchef e cerveja para brindar os sabores da terra

Publicado por Gustavo Belarmino em Gastrô às 18:05

Era uma noite com previsão de chuva. Por isso mesmo, os 30 participantes do jantar harmonizado promovido pelo Cá-Já e cervejaria Ekäut tiveram mesão compartilhado, o que deixou o clima do encontro desta terça-feira ainda mais aconchegante. A convidada da noite, para dividir as criações com o chef-residente Yuri Machado, foi a ex-MasterChef Brasil Mirna Gomes. Pernambucana, morando há anos fora, ela revelou a saudade que a transporta para cá cada vez mais. Entre essas saudades está a gastronomia e os movimentos de valorização dos nossos ingredientes, cada vez mais fortes em restaurantes como o Cá-Já.

Mirna, atenta aos detalhes. Fotos: Carol Laranjeiras/Divulgação

Durante o evento, ao lado da apresentação da proposta e dos pratos, a chef, dona de uma simpatia ímpar, fez uma forte defesa das nossas raízes. “A globalização é boa, mas se padronizarmos nossos ingredientes, nosso sotaque, nossa cultura, qual será a nossa identidade?”. Mirna falava do jerimum-moranga e do fruta-pão, cada vez mais raros, mas não só. Amante da cerveja, ela preparou seis etapas cheias de regionalismo, como a salada de palma, picles de maxixe e gelatina de cajuína. Todas harmonizadas com cervejas Ekäut (veja o ‘roteiro’ da noite incrível nas fotos abaixo).

Primeiro prato: Jerimum no soro de iogurte, nata Campo da Serra e redução de beterraba. Harmonizado com a Munich Helles, uma lager leve de baixo amargor. Foto: Gustavo Belarmino/NE10

Mirna surpreendeu até mesmo o beer somelier da marca, Paulo Rodrigues. A cerveja Coffee Stout, com infusão de café Arábica cultivado em Pernambuco, e geralmente harmonizada com sobremesa, foi servida Lombo de cordeiro glaceado com melaço de cana e purê de inhame com fondue de cabra Campo da Serra. O prato da Cerâmica do Cabo onde foi servida a criação estava à venda especialmente para o evento. Quem comprou, levou uma pequena lembrança de uma noite cheia de personalidade.

Salada de palma (e sua viscosidade controversa), picles de maxixe, feijão verde germinado e gelatina de cajuína.Harmoniza com a Witbier, cerveja de trigo de origem belga.

Lagostim cítrico em caldo picante com lardo Yaguara Ecológico e abacaxi, acompanhado da cerveja APA 1817

Costelinha de porco, gnocchi de fruta-pão e chutney de jaca, harmonizada com a American IPA

Lombo de cordeiro glaceado com melaço de cana e purê de inhame com fondue de cabra Campo da Serra e a Coffee Stout, com infusão de café Arábica, cultivado pela Yaguara Ecológico.

Bolo de rolo desconstruído com sorvete de fondue de queijo do reino Campo da Serra. Vem com a Extra Stout, elaborada com 8 maltes de diferentes torras.



FECHAR