publicidade
12/01/18
Equipe dá dicas para não se lesionar no verão
(Dayvison Nunes / JC Imagem)
Equipe dá dicas para não se lesionar no verão (Dayvison Nunes / JC Imagem)

Lesões de verão: saiba quando ocorrem e como evitá-las

Publicado por Victor Augusto em Esportes às 8:38

O verão anda reinando. Aumenta a vontade de ir à praia e já se ouvem os clarins do Carnaval. Resultado: academias lotadas em buscando do tão sonhado “corpo ideal”. Muito cuidado na hora de querer “perder”, em apenas um mês, para tentar chegar maravilhoso/a na folia de Momo. Muitas vezes ocorre risco de sofrer uma lesão e ver seu planejamento  desmoronar. Saiba como evitá-las:

A sociedade, o não-movimento e as lesões

Os problemas com movimentação partem da sociedade em que vivemos. O processo de evolução do corpo do homem é uma estrutura programada para o movimento. Antes da idade contemporânea, as pessoas tinham que se movimentar para conseguir comida, água e outras necessidades. Hoje, com a industrialização e o sedentarismo, o corpo sofre, pois não está adaptado ao “não-movimento”. Perdeu-se muito até nas práticas de movimentação, uma vez que se está, quase sempre, sentado. Com as imposições sobre o “corpo ideal”, muitos buscam uma movimentação frenética como forma de compensar o sedentarismo diário.

Vemos com frequência as pessoas querendo, em um mês, se tornarem atletas. Mas não por que elas querem isso, mas sim pelo apelo social ao ‘corpo atlético’. Para chegar a este nível, sem lesões, é preciso ter um alicerce de movimentação natural. E para recuperarmos o hábito do movimento, primeiro precisamos nos estabilizar, para depois periodizarmos o treino. Não adianta forçar a articulação se ela ainda não recuperou o que perdeu”, explica a fisioterapeuta Fabíola Gomes.

 

Para evitar machucados e lesões na hora de voltar a se movimentar é importante saber, primeiramente, como está seu corpo. Além disso, é necessário estar ciente de que o resultado não depende somente do profissional, mas também da pessoa: na fisioterapia ou na academia.

“Uma pessoa com consciência entende que não pode se arriscar e sabe que não pode ficar fitness em um mês. Ela deve entender que o ano tem 12 meses e não somente janeiro e fevereiro. É válido tentar emagrecer, mas o processo é muito mais demorado, e, antes de tudo, é necessário aprender. É melhor assim do que entrar de vez numa academia e se lesionar”, completa Fabíola.

Tipos de Lesões mais comuns no verão e dicas que ajudam a evitá-las

As lesões mais comuns entre as pessoas que não estão preparadas para atividades físicas e resolvem praticá-las, sem cuidado, são na cervical, na lombar e no joelho. Isso ocorre por que elas estão ligadas ao equilíbrio ou à digestão. Como as pessoas passam muito tempo sentadas, elas acabam ficando acomodadas ao conforto das cadeiras e não mudam sua posição. E  mais, não se pode “detonar” nas refeições e querer queimar tudo nos exercícios.

Antes de praticar atividades físicas, é sempre bom retomar os movimentos naturais do corpo. Sentar no chão, acocorar e sempre se alongar com frequência já ajuda.

Na galeria, alguns exercícios para se fazer em casa e evitar lesões

 

 

 



FECHAR