publicidade
16/05/21
O volante chegou a ser dispensado pela diretoria do Santa Cruz, mas retornou à equipe com a chegada do novo treinador Bolívar Foto: Rafael Melo/Santa Cruz
O volante chegou a ser dispensado pela diretoria do Santa Cruz, mas retornou à equipe com a chegada do novo treinador Bolívar Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Karl destaca apoio da torcida do Santa Cruz para dar a volta por cima e promete retribuir em campo

16 / maio
Publicado por Blog do Torcedor em Futebol Pernambucano às 17:31

Por Marcelo Aprígio

Escanteado pelo então técnico tricolor Alexandre Gallo, o volante Karl chegou a ser dispensado pela diretoria do Santa Cruz, mas retornou à equipe com a chegada do novo treinador Bolívar, que pediu a volta do jogador ao elenco. No entanto, mesmo fora da equipe, Karl contou com o apoio da torcida da Cobra Coral. Por isso, o atleta reincorporado ao time prometeu retribuir a confiança dos torcedores dentro de campo.

“Foi um momento de superação. Muita gente da torcida me apoiou e disse que estava comigo nesse momento difícil. Recebi apoio de todo mundo e queria, agora, agradecer publicamente por todo apoio que eu recebi dessa torcida apaixonada”, declarou Karl. “Vou procurar demonstrar dentro de campo, continuar dando o meu melhor, sempre jogando com garra, com vontade. Vou tentar ser um jogador cada vez mais aguerrido, porque acredito que na parte técnica eu tenho um pouco de qualidade para jogar”, completou.

O atleta comentou ainda sua relação com o comandante do Santa, o técnico Bolívar, e relembrou um momento especial entre os dois. Na partida contra o Afogados, durante o mata-mata do Estadual, quando o Tricolor venceu nos pênaltis, jogador e treinador, após conquistarem a classificação, deram um abraço caloroso.

“Foi um abraço sincero, né? Acabei me emocionando, porque o que eu vivi nesses últimos dias foi difícil. Acredito que todos vocês já sabem o que aconteceu, e o Bolívar foi uma pessoa que acreditou em mim”, afirmou Karl, demonstrando gratidão ao ‘professor’. “Então, quando eu entrei dentro de campo, primeiro eu queria provar para a torcida que eu merecia essa nova oportunidade e depois para ele. Foi um abraço de gratidão, um abraço para mostrar que eu realmente visto a camisa do Santa Cruz, que eu não me escondo, que eu nunca vou me omitir. Quando eu vestir essa camisa, vou dar sempre o meu melhor”, pontuou.

Trajetória no Santa

O volante chegou ao Arruda em março deste ano, quando o Santa Cruz ainda estava sob o comando do técnico João Brigatti. Na ocasião, ganhou a confiança do treinador e conquistou a titularidade na equipe. Tanto que, dois dias após o anúncio da sua chegada ao clube, estreou como titular na partida contra o CSA. Apesar de ter sido afastado do elenco, anteriormente Karl estava atuando regularmente, tanto é que entrou em campo por 12 vezes. Depois da reintegração, o meio-campista atuou nos últimos dois confrontos do Tricolor, sendo acionado na etapa complementar dos duelos.


FECHAR