publicidade
20/04/21
Foto: Tiago Caldas/Náutico
Foto: Tiago Caldas/Náutico

Diógenes Braga explica como o Náutico está ‘sobrevivendo’ sem cotas da Copa do Nordeste e Copa do Brasil

20 / abr
Publicado por Lourenço Gadêlha em Náutico às 12:31

De fora da Copa do Nordeste e Copa do Brasil na temporada 2021, muitos se perguntam como o Náutico tem sobrevivido financeiramente neste início de ano, uma vez que recebeu apenas a cota do Campeonato Pernambucano, que é de R$ 1 milhão referente aos três meses de competição. Em entrevista ao comentarista Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal, o vice-presidente do Timbu, Diógenes Braga, explicou a engenharia financeira realizada pelo clube alvirrubro para cobrir as despesas em meio à um cenário de poucos recursos.

“Teve a cota do Pernambucano e agora iniciou o pagamento da Série B. A gente tem buscado os patrocinadores, que tem chegado junto do clube e sendo importantes. A receita de sócio, mesmo tendo caído bastante no ano passado devido a pandemia, tem sido importante também. A gente aposta muito na campanha de sócio, porque é o que pode responder em mais curto prazo. Tem sido muito difícil administrar o clube. O ano de 2021 é mais difícil do que 2020. A gente tem realmente tido toda atenção do mundo, fazendo conta, reduzindo despesas e custos, e administrando com toda criatividade possível”, explicou.

LEIA MAIS:

Hélio dos Anjos cita alternativas para substituir Jean Carlos contra o Afogados; veja opções

Após vitória contra o Santa Cruz, Náutico chega a 15 jogos de invencibilidade nos Aflitos

> Se necessário, Hélio não vê problema em Náutico mandar jogos decisivos na Arena de Pernambuco

> Ecos do agitado Clássico das Emoções nos Aflitos

De acordo com o dirigente, o atual momento de dificuldade levou o Náutico a ter alguns problemas financeiros. “Temos algum débito, que não é coisa grande, mas a gente não está completamente em dia. Estamos trabalhando muito para conseguir equacionar (o débito) e tocando o clube, buscando novas receitas, tendo criatividade e muito comprometimento. É um momento de muita dificuldade. O futebol do mundo inteiro está passando por isso. Cada clube vai ter a sua fortaleza e a gente acredita que vamos conseguir sim, porque estamos vendo todo o empenho dos atletas”, detalhou.

Invicto e líder do Campeonato Pernambucano, o Náutico tem feito aquilo que se espera na única competição que disputa. Até aqui, foram sete vitórias em sete jogos, totalizando 100% de aproveitamento. Por isso, segundo Diógenes, o bom momento vivenciado internamente deve se estender também para fora de campo. “A gente entende que isso (bom momento) vai se estender ao ambiente externo e acreditamos que vamos ter sim uma resposta a campanha de sócio e as campanhas de captação de recurso que a gente tem, para assim, elevar nossas receitas”, completou.

COMPROMETIMENTO

Para alavancar o bom momento também fora de campo, a diretoria alvirrubra aposta no comprometimento dos atletas para garantir um calendário mais cheio em 2022. “O que existe hoje é um ambiente com um envolvimento muito grande dos atletas e da comissão técnica, de Hélio, dos funcionários, com o clube. Um objetivo muito claro de conseguir as vagas nas copas em 2022. Eles estão muito comprometidos e assumindo essa responsabilidade de garantir uma vaga nas copas. Uma condução muito bem feita pelo Hélio e um envolvimento completo dos atletas, funcionários, comissão técnica. Isso nos deixa muito confiantes que vamos buscar nossos objetivos”, finalizou.


FECHAR