publicidade
18/04/21
O Náutico é o líder do Campeonato e está invicto, enquanto o Santa Cruz é o terceiro colocado. Fotos: Bobby Fabisak /JC Imagem
O Náutico é o líder do Campeonato e está invicto, enquanto o Santa Cruz é o terceiro colocado. Fotos: Bobby Fabisak /JC Imagem

Clássico das Emoções: teoria e prática

18 / abr
Publicado por Marcos Leandro em Náutico às 9:01

O Clássico das Emoções deste domingo (18), nos Aflitos, tem um favorito, o Náutico. O que não quer dizer que ele vai ganhar do Santa Cruz. Se fosse assim, nem precisaria ter jogo. Ser favorito quer dizer o time que tem mais condições de vencer a partida. E esse conceito se aplica ao alvirrubro, óbvio.

LEIA MAIS

> Vitória no Clássico das Emoções pode garantir Náutico direto na semifinal e vaga na Copa do Brasil

> João Paulo, ex-Santa Cruz, marca gol de placa nos EUA, e torcida se derrete nas redes: “volta”

Os comandados de Hélio dos Anjos venceram os seis compromissos até agora, muitos por goleada. O Timbu possui um quarteto ofensivo bem entrosado, com Jean Carlos, Vinícius, Erick e Kieza produzindo muito volume de jogo e chances de gol. Se será assim a partir das 16h de hoje depende muito do adversário, o Santa Cruz. De quem se esperava uma reação na temporada após a desastrosa passagem de João Brigatti.

É exatamente no novo técnico, Alexandre Gallo, que estão depositadas as esperanças dos tricolores. E elas, as esperanças, precisam existir. Assim é o futebol. E o primeiro passo para uma mudança no Santa é a alteração da equipe que vinha atuando as últimas partidas, sobretudo o meio de campo. Caetano, Derley e Karl não vinham produzindo nada defensivamente e ofensivamente. Derley pode até pintar na lateral direita, abrindo espaço para Elicarlos na cabeça de área. Mudança boa. Sobre Chiquinho, que poderia ir para o banco, não me parece o ideal. Mas essa dúvida só com a escalação em mãos!


FECHAR