publicidade
17/04/21
Náutico x Santa Cruz se enfrentam neste domingo, nos Aflitos. Fotos: Bobby Fabisak /JC Imagem
Náutico x Santa Cruz se enfrentam neste domingo, nos Aflitos. Fotos: Bobby Fabisak /JC Imagem

Em momentos opostos, Náutico e Santa Cruz se enfrentam no Clássico das Emoções

17 / abr
Publicado por Lourenço Gadêlha em Náutico às 18:04

A bola vai rolar para o primeiro Clássico das Emoções em 2021. Vivendo momentos opostos na temporada, Náutico e Santa Cruz se enfrentam neste domingo (18), no estádio dos Aflitos, às 16h, em jogo válido pela 6ª rodada da competição. Por um lado, o Timbu chega para o duelo embalado com direito a liderança e sequência invicta de seis jogos no Estadual. Na terceira colocação do certame, o Tricolor não vive um bom momento no ano. Isso porque foi eliminado da Copa do Nordeste e Copa do Brasil e, agora, tenta uma recuperação na temporada sob o comando do técnico Alexandre Gallo, que vai fazer sua estreia contra o clube alvirrubro, por onde passou em quatro oportunidades.

Para o confronto, o técnico Hélio dos Anjos, confirmou o retorno do zagueiro Camutanga ao time titular do Náutico que vai enfrentar o Santa Cruz. O defensor cumpriu suspensão na partida contra o Retrô após ter sido expulso contra o Salgueiro. Apesar da boa atuação do substituto Wagner Leonardo, o comandante alvirrubro indicou que o jovem defensor deve ficar como alternativa no banco de reservas. Com isso, Ronaldo Alves será o titular ao lado de Camutanga. No mais, o resto do time será o mesmo que bateu o Retrô por 4×1. A dúvida é o lateral-direito Hereda, com dores no tornozelo. Se ele não jogar, Bryan deve ser o substituto.

Fora da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil, o Náutico vem fazendo um Campeonato Pernambucano da forma que se esperava, dominando a única competição que tem por disputar neste início de temporada, onde é o líder com seis vitórias em seis jogos, totalizando 18 pontos. Além disso, o clube alvirrubro tem demonstrando um grande ímpeto ofensivo, tendo o melhor ataque da competição com 20 gols. Nesse quesito, destacam-se o trio Kieza, Erick e Vinicius que juntos marcaram 15 gols, número superior à todas as equipes participantes do certame. Por sinal, uma vitória diante do Tricolor pode garantir ao clube alvirrubro uma vaga na semifinal e na Copa do Brasil.

>> Djavan tem boa expectativa para Clássico das Emoções e diz que Náutico tem pontos a corrigir

>> Clássico das Emoções: Hereda garante que mudança de técnico no Santa Cruz não altera preparação do Náutico

>> No Náutico, Vinícius se aproxima de melhor marca de gols da carreira; veja os números

Apesar do momento distinto que vive às duas equipes, o técnico Hélio dos Anjos evitou apontar qualquer tipo de favoritismo para o Náutico. “Se existe (favoritismo), é do lado de fora. São três resultados no jogo diante um grande adversário que teremos. Podemos vencer, empatar ou perder. Mas, pode ter certeza que não é questão de favoritismo e oba-oba no meu trabalho. Não existe soberba para um grupo que não ganhou nada ainda, que está buscando autoafirmação e que sofreu muito até novembro do ano passado. Estamos muito consciente de tudo que precisamos apresentar a mais nesse jogo devido a grandeza do adversário. Não existe o favoritismo aqui dentro em hipótese alguma”, disse.

SANTA CRUZ

Terceiro colocado no Pernambucano com oito pontos, o Santa Cruz tem duas vitórias e dois empates na competição. Apesar disso, a Cobra Coral vive uma fase delicada na temporada, depois de ser eliminada da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil, e tem no clássico a chance de um recomeço. A “nova era” tricolor conta com a chegada do técnico Alexandre Gallo, algumas peças para o elenco e apenas um campeonato no calendário até o início da Série C no segundo semestre.

O Santa Cruz vai para o Clássico das Emoções com estreia na área técnica e podendo também ter novidades em campo. Gallo, que iniciou seu trabalho no Arruda na última quinta-feira (15), fará no clássico a sua estreia no comando do time. Além dele, pode pintar em campo o lateral-direito Fernando Pileggi, que chegou ao clube na última segunda-feira (12) e é uma opção na vaga de Augusto Potiguar, que vive uma fase ruim. O volante Derley pode ser deslocado para o setor, como o meio de campo sendo formado por Caetano, Elicarlos e Ítalo Henrique. Nessa formação, Chiquinho ficaria no banco de reservas, com o ataque formado por Marcel, Pipico e Madson.

>> Gallo se diz preparado para desafio no Santa Cruz, mas pede calma com evolução: “Não sou mágico”

>> Alexandre Gallo manda recado em vídeo para a torcida do Santa Cruz; assista

E a possibilidade de estreia tem deixar o lateral animado. “Clássico não se joga, se ganha”, frisou Pileggi. “Minha expectativa é muito boa. Qual é o jogador que não quer jogar um clássico? É a melhor coisa que tem. Eu me sinto motivado, bem empolgado, mas sabemos que a situação hoje não é das melhores, então a gente tem que pensar um passo de cada vez, botar os pés no chão. A gente sabe que vai ser um jogo muito duro e que a gente vai ter muito trabalho pela frente. O Náutico vem numa sequência muito boa, é líder do Campeonato, então a gente sabe que vai ser um jogo muito duro”, analisou.

Outro reforço recém-chegado ao Arruda é o goleiro Geaze. É improvável que a torcida o veja em campo, uma vez que Jordan se firmou como goleiro titular, mas o arqueiro está à disposição e pode integrar a lista de relacionados para o jogo. Mas com dois dias de trabalho até a partida, o treinador não deve fazer outras mudanças na equipe, já que ainda está se familiarizando com o elenco.

CURIOSIDADE

O Clássico das Emoções deste domingo (18), nos Aflitos, coloca frente a frente o melhor ataque contra a melhor defesa do Campeonato Pernambucano. Maior goleador com 20 gols, o Timbu encara o Tricolor, que tem a defesa menos vazada, com apenas três gols sofridos. Oportunidade, portanto, para ver quem se sairá melhor após a partida.

FICHA DO JOGO

Náutico: Alex Alves, Hereda (Bryan), Ronaldo Alves, Camutanga e Rafinha; Djavan, Rhaldney e Jean Carlos; Vinicius, Erick e Kieza. Esquema: 4-3-3. Técnico: Hélio dos Anjos

Santa Cruz: Jordan; Pileggi (Derley), William Alves, Célio Santos (Junior Sergipano) e Alan Cardoso; Caetano, Elicarlos e Ítalo Henrique (Derley); Marcel (Chiquinho), Pipico e Madson. Esquema: 4-3-3. Técnico: Alexandre Gallo

Local: Aflitos, Recife-PE.

Horário: 16h

Árbitro: Diego Fernando

Assistentes: Marcelino Castro e Fernando Antônio


FECHAR