publicidade
12/04/21
Joaquim Bezerra falou também sobre demissão de João Brigatti. Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Joaquim Bezerra falou também sobre demissão de João Brigatti. Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem

Presidente Joaquim Bezerra fala sobre perfil do novo técnico do Santa Cruz

12 / abr
Publicado por Marcos Leandro em Notícias às 7:30

O presidente do Santa Cruz, Joaquim Bezerra, comentou sobre o perfil do novo treinador do Santa Cruz. No último domingo (11), o clube demitiu João Brigatti, que não resistiu aos maus resultados da temporada. O tricolor teve a pior campanha da Copa do Nordeste, entre os 16 participantes.

“Os resultados dentro de campo não vieram e o Santa Cruz é um time de massa, a torcida impaciente e o projeto do time que a gente fez ainda está se arrumando com as contratações. Os jogadores das divisões de base estão sendo testados, mas infelizmente os resultados não foram satisfatórios”, afirmou o presidente Joaquim Bezerra em entrevista ao repórter Pedro Alves, da Rádio Jornal.

LEIA MAIS

> João Brigatti e Nei Pandolfo são desligados do Santa Cruz

> “Não tivemos tempo para dar padrão de jogo a equipe”, diz Brigatti, demitido do Santa Cruz

> “Recebeu uma proposta e nós não conseguimos cobrir”, diz presidente do Santa Cruz Joaquim Bezerra sobre Nei Pandolfo

Nos bastidores, um dos nomes comentados para assumir o clube é o português Daniel Neri, do Salgueiro. Gilmar Dal Pozzo e Márcio Goiano, ambos com passagem pelo Náutico, também estão sendo citados. O presidente do Santa falou sobre o perfil do novo técnico.

“Precisa ser um treinador agregador, que tenha ideia de grupo e que possa realmente agregar valores individuais e coletivos do time e que valorize as divisões de base. Além disso, que entenda a situação financeira do clube, que não tem condições de contratar jogadores com valores elevados. O Santa Cruz é um clube endividado e que não tem um fluxo de caixa regular. Temos que ter um treinador que venha para cá com essa consciência. Não adianta querer contratar um treinador que está acostumado a Série A, com fartura, com mordomia, que ele não vai ter isso no Santa Cruz. Ele precisa saber que está vindo para um projeto de médio e longo prazo, mas que ele precisa dar resultado dentro de campo também”, completou Joaquim Bezerra.


FECHAR