publicidade
11/04/21
O Náutico é o líder do Pernambucano com 15 pontos.  Foto: Tiago Caldas/CNC
O Náutico é o líder do Pernambucano com 15 pontos. Foto: Tiago Caldas/CNC

Invictos, Retrô e Náutico se enfrentam na Arena de Pernambuco pelo Pernambucano

11 / abr
Publicado por Carolina Fonsêca em Náutico às 11:00

Abrindo a 7ª rodada do Campeonato Pernambucano de forma antecipada, Retrô e Náutico se enfrentam neste domingo (11), na Arena de Pernambuco, a partir das 16h. O duelo reúne duas equipes que ainda não perderam na competição e que brigam na parte de cima da tabela da primeira fase. Além disso, o Náutico entra em campo para defender sua invencibilidade que já dura cinco jogos e a liderança da tabela – o Timbu tem 15 pontos. Mandante na partida, o Retrô fez apenas três jogos no Estadual, mas também não perdeu ainda. Tem duas vitórias e um empate e é o quarto colocado, com sete pontos.

LEIA MAIS 

>> Náutico incomodado com quantidade de gols sofridos, revela auxiliar-técnico

>> Hélio dos Anjos prefere não colocar Náutico como equipe a ser batida no Pernambucano

>> Náutico: artilheiro do Pernambucano, Kieza mantém nível de exigência alto

Os alvirrubros entraram em campo na última quarta-feira (7), e venceram o Salgueiro por 3×2, na 5ª rodada. Um jogo intenso, acirrado e marcado por algumas polêmicas relacionadas à arbitragem, resultando, inclusive, nas expulsões do zagueiro Camutanga e do técnico Hélio dos Anjos. Por isso, ambos não estarão em campo contra o Retrô, já que cumprirão suspensão automática.

O treinador alvirrubro será substituído pelo auxiliar-técnico Guilherme dos Anjos, que em coletiva de imprensa realizada na última sexta-feira (9), revelou que o grupo como um todo está incomodado com a quantidade de gols sofridos pelo time. O Náutico sofreu quatro gols em cinco jogos, uma média de menos de um gol por jogo, mas que ainda assim é vista como ponto a melhorar.

Para o auxiliar, os gols sofridos não são culpa apenas da defesa, mas, sem Camutanga, é justamente na zaga do Timbu que ele precisará mexer. Quem ocupará a vaga do zagueiro, no entanto, Guilherme não revelou. “A partir do momento que a gente enxergar toda a análise do adversário, a gente vai poder tomar a melhor decisão possível. Tanto com relação à zaga, que provavelmente não terá nenhuma adaptação, mas também com relação aos dois volantes. Deve haver a manutenção dos dois volantes, dentro daquilo que o professor vem fazendo”, disse. O provável substituto do zagueiro Camutanga, porém, deve ser Wagner Leonardo, recém-chegado aos Aflitos, mas que já estreou pelo Timbu.

Pelo lado do Retrô, há uma expectativa de que a equipe dê trabalho ao Timbu. Apesar de ser o time mais novo do Estado, recentemente se destacou na segunda fase da Copa do Brasil, quando empatou em 1×1 com o Corinthians e levou a decisão da classificação para os pênaltis. Na primeira fase da competição nacional, o Retrô teve um vitória simples por 1×0 sobre o Brusque e garantiu a classificação.

Soma-se a esse retrospecto a boa campanha que o caçula pernambucano vem fazendo no Estadual. No domingo (4) passado, o Retrô goleou o Central por 4×1, no Lacerdão. Ou seja, chega para enfrentar o Náutico embalado por atuações importantes.

Ficha do jogo:

Retrô – Erivelton; Mathaus, André Baumer, Del’Amore e Guilherme; Lucas Gonçalves, Gelson, Janderson, Kauê e Mayco Félix; João Braga. Técnico: Nilson Corrêa. Esquema: 4-5-1.

Náutico – Alex Alves; Hereda, Wagner Leonardo, Ronaldo Alves e Rafinha; Djavan, Rhaldney e Jean Carlos; Vinícius, Kieza e Erick. Técnico: Guilherme dos Anjos. Esquema: 4-3-3.

Local: Arena de Pernambuco

Horário: 16h.

Árbitro: Deborah Cecilia C. Correia.

Assistentes: Bruno Cesar Chaves Vieira e Wagner Cabral Miranda.


FECHAR