publicidade
08/04/21
Apesar de invencibilidade e liderança da sua equipe, Hélio está de olho também no rendimento dos adversários. Foto: Tiago Caldas/CNC
Apesar de invencibilidade e liderança da sua equipe, Hélio está de olho também no rendimento dos adversários. Foto: Tiago Caldas/CNC

Hélio dos Anjos prefere não colocar Náutico como equipe a ser batida no Pernambucano

08 / abr
Publicado por Carolina Fonsêca em Náutico às 8:10

São cinco jogos e cinco vitória do Náutico no Campeonato Pernambucano. O líder invicto da competição conquistou seu quinto triunfo na noite da última quarta-feira (7), sobre o Salgueiro, no estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro, por 3×2. Mesmo voando na competição, o técnico Hélio dos Anjos prefere afastar do Timbu o título de time a ser batido no campeonato.

LEIA MAIS 

>> Invicto: Náutico fecha dia do aniversário de 120 anos com vitória importante sobre o Salgueiro no Pernambucano

>> Náutico: artilheiro do Pernambucano, Kieza mantém nível de exigência alto

>> No aniversário de 120 anos, Náutico fatura título do Campeonato Pernambucano Feminino

Hélio classifica a performance da equipe alvirrubra como de um time responsável e que sabe das suas obrigações. “Nós precisamos fazer uma performance de Campeonato Pernambucano muito alta, muito competitiva para tentar vencer esse campeonato. Não tenho essa posição de que o Náutico é o time a ser batido, de forma alguma”, disse.

No ponto de vista do treinador alvirrubro, equipes como o Retrô, o Santa Cruz, o Sport e o próprio Salgueiro estão crescendo de produção no campeonato e que ainda tem muito jogo pela frente. “Nós estamos tendo uma performance boa, mesmo eu não gostando do todo do meu jogo. Acho que trabalhamos muito, nos preparamos muito. Quando eu falo nós, somos todos nós do clube, para passar pelo que nós passamos no jogo”, acrescentou.

Se referindo aos dois gols sofridos no segundo tempo da partida contra o Salgueiro, que deixaram o placar do jogo empatado por alguns minutos, Hélio pontuou como algo que não pode acontecer. “Nós não temos direito de deixar acontecer o que aconteceu no jogo, mas acima de tudo também houve uma pegada maravilhosa dos jogadores, uma dedicação maravilhosa, em um jogo muito difícil”, completou.

O treinador foi expulso durante a partida da última quarta-feira e, por isso, não estará em campo no próximo compromisso do Náutico no Estadual, que acontece no próximo domingo (11), contra o Retrô, na Arena de Pernambuco, às 16h. O jogo é válido pela 7ª rodada e acontecerá de forma antecipada.

 


FECHAR