publicidade
07/04/21
Com gols de Kieza e Erick, o Timbu venceu mais uma e segue invicto no Pernambucano.

Foto: Tiago Caldas/CNC
Com gols de Kieza e Erick, o Timbu venceu mais uma e segue invicto no Pernambucano. Foto: Tiago Caldas/CNC

Invicto: Náutico fecha dia do aniversário de 120 anos com vitória importante sobre o Salgueiro no Pernambucano

07 / abr
Publicado por Carolina Fonsêca em Náutico às 23:39

Deu Timbu! No dia que completou 120 anos, o Náutico garantiu sua quinta vitória em cinco jogos do Campeonato Pernambucano e segue líder, invicto e isolado com 15 pontos – o Santa Cruz, segundo colocado, tem oito pontos e um jogo a menos. Enfrentando o Salgueiro, no Cornélio de Barros, casa do adversário, no Sertão do Estado, os alvirrubros conseguiram uma vitória por 3×2, com direito a gols dos artilheiros do Náutico e da competição, Erick e Kieza.

>> No aniversário de 120 anos, Náutico fatura título do Campeonato Pernambucano Feminino

>> Náutico comemora 120 anos e recebe os parabéns; veja mensagens

>> No aniversário de 120 anos do Náutico, Edno Melo destaca gestão que resgatou o “orgulho alvirrubro”

Por conta das outras competições que disputava, o Salgueiro fazia apenas o seu terceiro jogo no Estadual. O atual campeão pernambucano, porém, já está fora da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil e agora também está totalmente focado em buscar o bicampeonato.

O jogo

A expectativa era de que Salgueiro e Náutico fizessem um jogo bastante disputado já que as equipes estavam invictas no Pernambucano. Entretanto, os 20 minutos iniciais do primeiro tempo foram de jogo sem lances de perigo para ambos os lados. O Timbu tinha mais posse de bola e, se valendo disto, tentava ditar o ritmo do jogo. Pressionava, atacava, mas não conseguia finalizar. Mais limitado e sob pressão, o Salgueiro tinha dificuldade para criar jogadas.

Até que aos 24 minutos do primeiro tempo a pressão alvirrubra fez efeito. Vinícius, na ponta-esquerda, recebeu lançamento de Camutanga,  conseguiu tocar para Jean Carlos, na área, mas quem aproveitou a bola foi Erick, que mandou no canto e abriu o placar.

Três minutos depois, o goleiro Alex Alves se atrapalhou na saída de bola do Náutico, mas consertou a lambança dando um chutão. Deu certo. O goleiro Lucas saiu da área para tentar dividir com Kieza e não conseguiu fazer o corte. A bola, mais uma vez, sobrou para Erick aproveitar o gol vazio e aumentar a vantagem do Náutico. O primeiro tempo terminou com vitória parcial dos alvirrubros por 2×0.

O Salgueiro acordou para o segundo tempo e aí, sim, Carcará e Timbu protagonizaram uma partida disputada, com ânimos um tanto quanto exaltados e mais três gols. Depois de algumas chegadas perigosas para os dois times, os donos da casa balançaram as redes. Tarcísio recebeu um ótimo passe de Felipe Baiano, ficou cara a cara com Alex Alves e mandou para o fundo do gol.

A vantagem do Náutico ficou menor, o Salgueiro queria mais e conseguiu. Aos 28 minutos, Felipe Baiano aproveitou a sobra de bola na área e chutou forte para empatar o jogo. O placar empatado, porém, durou pouco tempo. Aos 30 minutos, Kieza arrancava em direção ao gol, com a bola no pé, mas foi derrubado na área por Elenilson. Pênalti para o Timbu. O próprio K-9 marcou e colocou o Náutico na frente outra vez.

Os minutos finais seguiram com muita discussão entre as duas equipes, o que rendeu um cartão vermelho para Camutanga, do Náutico e, bem perto do final do jogo, também para o técnico Hélio dos Anjos. Apesar disso, o Timbu volta do Sertão com mais uma vitória na bagagem.

FICHA DO JOGO

Salgueiro – Lucas, Sinho, Elenilson, Richard e Alan Pires; Bruno Sena, Moreilândia (Aruá) e Felipe Baiano; Tarcísio,  Alison (Héricles). Técnico: Daniel Neri. Esquema: 4-3-3.

Náutico – Alex Alves, Hereda (Williams Bahia), Camutanga, Ronaldo Alves e Rafinha (Wagner Leonardo); Djavan (Marciel), Rhaldney e Jean Carlos (Luiz Henrique); Vinicius, Erick (Bryan) e Kieza. Técnico: Hélio dos Anjos. Esquema: 4-3-3

Local: Cornélio de Barros, Salgueiro-PE.
Horário: 21h30.
Árbitro: Gilberto Castro Júnior.
Assistentes: Francisco Chaves e Dhiego Cavalcanti

Gols: Erick (Náutico) (2x); aos 24 e aos 28 minutos do primeiro tempo; Tarcísio (Salgueiro), aos 24 do segundo tempo; Felipe Baiano (Salgueiro), aos 27 minutos do segundo tempo; Kieza (Náutico), aos 32 do segundo tempo.

Cartões amarelos: Sinho (Salgueiro); Elenilson (Salgueiro); Felipe Baiano (Salgueiro); Wagner Leonardo (Náutico); Djavan (Náutico); Marciel (Náutico); Jean Carlos (Náutico); Vinícius (Náutico).

Cartões vermelhos: Camutanga (Náutico); Hélio dos Anjos (Náutico).


FECHAR