publicidade
23/02/21
Sampaoli deve acertar ida para o futebol francês. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Sampaoli deve acertar ida para o futebol francês. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Técnico argentino Jorge Sampaoli se despede do Atlético-MG

23 / fev
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 5:22

AFP – O técnico argentino Jorge Sampaoli se despediu do Atlético Mineiro nessa segunda-feira, por meio de carta divulgada por sua assessoria.

“Chegou o final. Na quinta, será a última partida. Saio com a nostalgia de não poder ter dirigido (o time) com o estádio cheio”, escreveu Sampaoli na carta de cinco parágrafos com que encerra seu ciclo em Belo Horizonte após um ano à frente do clube.

Sampaoli, de 60 anos, assumiu o comando do Galo em março de 2020. Seu contrato durou até o final de 2021, mas, de acordo com a imprensa, o técnico argentino estaria em negociações para dirigir o Olympique de Marselha.

O Atlético Mineiro está na terceira posição do Campeonato Brasileiro e, já classificado para a fase de grupos da próxima Copa Libertadores, joga na quinta-feira no Mineirão, em Belo Horizonte, pela última rodada contra o Palmeiras.

LEIA MAIS

> Líder Inter se aproxima do título do Italiano ao vencer Milan

> PSG é derrotado em casa pelo Monaco e se distancia do líder Lille no Francês

> Manchester City afunda Arsenal e consolida liderança no Inglês

Sampaoli não poderá estar em campo em sua última partida à frente do Galo porque foi expulso no domingo em Recife, onde seu time venceu o Sport por 3 a 2.

O técnico argentino conquistou 25 vitórias com o Atlético. Dos 44 jogos disputados, 10 terminaram em derrota e nove em empate. Sob seu comando, a equipe conquistou o campeonato mineiro no ano passado.

“O ano de 2020 foi duríssimo para a humanidade. Nós temos de ser criativos e quisemos construir um time que, ao passar na TV, fizesse esquecer a tristeza por um momento. Não nos propusemos simplesmente a ganhar: tentamos ser felizes”, começou o argentino em sua emotiva carta de despedida.

Além de agradecer aos jogadores, Sampaoli também dedicou palavras aos funcionários do clube, dirigentes e até mesmo a Belo Horizonte pela receptividade.

“O Galo está destinado a brigar por grandes coisas. Sei que as vitórias virão. Gosto muito de vocês e desejo que sigam caminhando com o coração como guia”, finalizou o treinador.


FECHAR