publicidade
04/02/21
Marcão salientou que Sport só depende de si para escapar do rebaixamento na Série A. Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Marcão salientou que Sport só depende de si para escapar do rebaixamento na Série A. Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem

Sport precisa voltar a vencer como visitante na reta final da Série A

04 / fev
Publicado por Marcelo Cavalcante em Notícias às 8:07

Com 35 pontos, o Sport vive a cada rodada do Campeonato Brasileiro um clima de decisão. Afinal, o Leão segue na luta para fugir do rebaixamento. Nesta sexta-feira, o compromisso é contra o Botafogo-RJ, no Rio, pela 34ª rodada. Para esse duelo, o time rubro-negro tem uma vantagem, ao menos psicológica. Dos times que estão brigando para não ser “degolado” (Vasco, Fortaleza, Goiás e Bahia), o Leão é o último a entrar em campo. Ou seja, para o jogo sabendo o que precisa para se manter fora do ZR do Brasileirão. Mas para que esse trunfo vire de fato vantagem, o Sport precisa voltar a vencer como visitante. Algo que muitos rubro-negros, certamente, tem vagas lembranças de quando aconteceu.

LEIA MAIS

> Pontuações, risco de queda e jogos restantes: um raio-x do Sport e outros times que lutam pela permanência

> Copa do Nordeste 2021: confira times e divisão dos potes para o sorteio

> Sport pode decretar rebaixamento do Botafogo na Série A do Campeonato Brasileiro

No Brasileirão, o Sport só conseguiu duas vitórias jogando fora do Recife. Os triunfos aconteceram contra o Grêmio, na sétima rodada, e o Bahia, na 13ª. E só. O Leão é o pior visitante da competição. Contra o Botafogo-RJ, time que menos venceu (em 33 jogos, obteve apenas 4 triunfos), o Rubro-negro precisa fazer o seu papel e buscar a ousadia como visitante.

Para a partida, o Sport terá às disposição o volante Marcão. O jogador cumpriu suspensão na partida contra o Flamengo e seu estilo de jogo garante mais pegada no meio de campo. O fato de ser o último time que luta contra o rebaixamento a entrar em campo não muda o pensamento do volante rubro-negro. Para ele, o que vai fazer o Sport sair dessa situação é jogar vencer os adversários, independente do desempenho dos rivais.

“O importante é a gente fazer nosso papel. O que vier de extra-campo, de outros resultados, se for pra ajudar, bom. Se não for também, não nos interessa. Procurar fazer nosso papel, pontuar, vencer os jogos para que a gente possa terminar esse campeonato e permanecendo na série A”, declarou.

A escalação do Sport para essa importante partida no Rio de Janeiro ainda não foi definida pelo técnico Jair Ventura. A dúvida está no lado direito. Contra o Flamengo, o treinador escalou o jovem Ewerthon como ponta e Patric na lateral. Mas o desempenho foi nada bom diante do Flamengo. É provável que Jair Ventura escale Raul Prata na lateral, deixando Ewerthon no banco, valorizando o sistema defensivo. Sendo assim, a escalação de Marcão é praticamente certa.

“A gente está vindo de uma derrota em casa contra o Flamengo, então temos que ir pra lá já com esse foco para procurar fazer melhor do que foi no jogo passado para que possamos sair de lá com a vitória”, destacou.


FECHAR