publicidade
16/01/21
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Acumulando mais desfalques por covid-19, Náutico busca se afastar do Z4 diante da Ponte Preta

16 / jan
Publicado por Klisman Gama em Náutico às 15:13

Contra a Ponte Preta, o Náutico vislumbra a possibilidade de conquistar sua primeira vitória fora de casa com o técnico Hélio dos Anjos. O cenário de instabilidade da Macaca na Segunda Divisão, somado à crise política, pesam contra o time de Campinas. Por outro lado, o surto de covid-19 no elenco alvirrubro, que tirou de combate os laterais-esquerdos Kevyn e Igor Miranda, aumenta mais ainda as dificuldades do Timbu hoje, às 16h, no estádio Moisés Lucarelli.

Pelo menos o resultado da contraprova de Kieza deu negativo e o atacante está liberado para a partida. Erick e  Dadá Belmonte devem formar o trio ofensivo da equipe alvirrubra.

LEIA MAIS

>> Náutico: Além de Kevyn, Kieza e Igor Miranda também testam positivo para covid-19

>> Lateral testa positivo para covid-19 e desfalca Náutico contra Ponte Preta

>> Náutico disponibiliza, ao Governo de Pernambuco, sede e CT como pontos de vacinação contra covid-19

>> Náutico: calendário e cenário dos rivais nas quatro rodadas finais da Série B

>> Náutico calcula mais duas vitórias para escapar do rebaixamento, mas quer mesma postura até o fim da Série B

Na lateral-esquerda, o alvirrubro não tem mais nenhum outro atleta da posição. Ou seja, mais outro local em que será preciso improvisar. Há a chance da entrada de um terceiro zagueiro para fortalecer o setor. Além disso, o volante Rhaldney cumpre suspensão pelo terceiro amarelo, tomado contra o América-MG. Por outro lado, existe a possibilidade da volta de Djavan e Ronaldo Alves para o jogo contra a Ponte Preta. Ambos testaram negativo, treinaram na sexta e podem surgir na escalação de hoje. Com tantas mudanças e uma sequência complicada na reta final da Série B, o Timbu tenta alcançar, o quanto antes, os 45 ou 46 pontos para se livrar do descenso.

“Todo clube que está nessa zona incômoda busca atingir a pontuação para permanecer o mais rápido possível. Mas estamos tranquilos com isso até porque a gente vem fazendo bons jogos, sabemos do trabalho que a gente vem fazendo. Então estamos e temos que estar tranquilos quanto a isso, porque a ansiedade atrapalha muito. Vamos fazer um jogo difícil contra a Ponte Preta. São dois campeonatos diferentes, eles brigando pelo acesso e a gente para sair dessa zona incômoda. Sabemos da nossa responsabilidade, estamos bem treinados, e vamos para buscar a vitória, mas sabendo que pontuar também é importante”, disse o meia Jean Carlos.

Ponte Preta

Depois de uma semana bastante complicada, onde os jogadores fizeram paralisação e não treinaram na quarta-feira por conta dos atrasos no pagamento de direitos de imagens, 13º, férias e outros encargos trabalhistas, a Ponte tenta recuperar seu prumo para seguir brigando pelo acesso. No ataque, Luan Dias deve ganhar uma vaga entre os titulares, enquanto que Ruan Renato deve ser acionado na defesa alvinegra.

Ficha do jogo

Ponte Preta

Ygor Vinhas; Apodi, Luizão, Ruan Renato e Yuri; Barreto, Zanocelo e Camilo; Luan Dias, Bruno Rodrigues e Matheus Peixoto. Técnico: Fábio Moreno.

Náutico

Anderson; Bryan, Camutanga, Rafael Ribeiro e Carlão (Ronaldo Alves); Renan Foguinho, Djavan (Jhonnatan) e Jean Carlos; Erick, Dadá Belmonte e Kieza. Técnico: Hélio dos Anjos.

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas-SP. Horário: 16h. Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli (MG). Assistentes: Felipe Alan Costa e Fernanda Nândrea Gomes (ambos MG).


FECHAR