publicidade
15/01/21
Foto: Jorge Guerrero/AFP
Foto: Jorge Guerrero/AFP

Real Madrid perde para Athletic Bilbao e é eliminado da Supercopa da Espanha

15 / jan
Publicado por Klisman Gama em Futebol Internacional às 7:35

AFP – O Athletic Bilbao se classificou para a final da Supercopa da Espanha ao vencer o Real Madrid por 2 a 1, nesta quinta-feira, na segunda semifinal, com dois gols de Raúl García.

O atacante do Athletic abriu o placar contra o atual campeão do torneio com um chute cruzado (18) e ampliou de pênalti (38), antes de Karim Benzema diminuir no segundo tempo (73) para 2 a 1, resultado que leva o time de Bilbao para a final, onde enfrentará o Barcelona no domingo.

O técnico Zinedine Zidane comentou após a eliminação: “Temos que virar a página. Não é um desastre. Um desastre é quando você não tenta, quando você não dá tudo em campo. Os jogadores deram tudo de si”.

O atacante do Real Madrid, Marco Asensio, se mostrou mais decepcionado: “Eles se saíram muito bem, foi difícil para nós no início e depois corremos atrás. Tem sido complicado”, disse ele à televisão Movistar Plus.

“Eles também cresceram desde o primeiro gol, acreditaram mais no que estavam fazendo”, acrescentou. “Então tentamos reagir, tentamos de todas as formas mas não foi possível”, lamentou Asensio.

LEIA MAIS

>> Real Madrid empresta atacante para o Eintracht Frankfurt

>> Reinaldo Rueda, ex-Flamengo, é o novo técnico da Colômbia

>> Neymar e Álvaro, do Olympique, se alfinetam após PSG conquistar Supercopa da França

>> TV Jornal atinge vice-liderança da audiência com Palmeiras x River Plate pela Libertadores

>> Barcelona vence Real Sociedad nos pênaltis e vai à final da Supercopa da Espanha

>> Nos pênaltis, Bayern perde para Kiel, da 2ª divisão, e é eliminado da Copa da Alemanha

>> Santos atropela Boca e garante final brasileira na Libertadores

Athletic começa melhor

O time basco entrou em campo em La Rosaleda com mais intensidade do que o adversário, pressionando a saída de bola do time madrilenho, o que incomodou bastante durante o primeiro tempo.

O belga Eden Hazard tentou com um chute de longa distância defendido por Unai Simón (10), mas minutos depois, um erro de Lucas Vázquez que entregou a bola para um adversário, provocou o primeiro gol.

A bola sobrou para Dani García que tocou para Raúl García marcar chutando na saída de Thibaut Courtois (18).

Um novo erro de Lucas Vázquez, que agarrou um rival na área, causou um pênalti, que Raúl García converteu fazendo seu segundo gol, aos 38 minutos.

Após o intervalo, o técnico Zidane buscou dar mais intensidade ao seu jogo e além de frescor e desequilíbrio com a entrada em campo de Vinícius Junior e do uruguaio Fede Valverde (67).

As mudanças surtiram efeito e o time chegou cada vez mais perto da meta de Unai Simón até marcar. Benzema recebeu um passe de Casemiro na área e fez 2-1 (72).

O gol animou os ‘merengues’ que, nos últimos 15 minutos fizeram uma pressão incessante sobre o Athletic,

Benzema voltaria a marcar, mas desta vez o gol foi anulado porque o atacante francês estava impedido (82).

Apesar do bombardeio madrilenho, o Athletic resistiu bravamente e conseguiu realizar a missão de chegar à final contra outro gigante, o Barcelona.


FECHAR