publicidade
15/01/21
Pochettino assumiu o PSG na vaga de Tuchel. Foto: Divulgação.
Pochettino assumiu o PSG na vaga de Tuchel. Foto: Divulgação.

Mauricio Pochettino, técnico do PSG, testa positivo para covid-19

15 / jan
Publicado por Lourenço Gadêlha em Futebol Internacional às 18:49

AFP – O argentino Mauricio Pochettino, técnico do Paris Saint-Germain, testou positivo para covid-19, anunciou o clube francês nesta sexta-feira, véspera do jogo de sábado fora de casa contra o Angers, correspondente à 20ª rodada da Ligue 1. O treinador, que chegou ao comando da equipe no início deste mês substituindo o alemão Thomas Tuchel, “vai respeitar o isolamento” e seus auxiliares Jesús Pérez e Miguel D’Agostino, vão comandar o PSG em Angers, explicou o clube em sua conta no Twitter.

Pochettino “está confirmado como positivo com o teste PCR Sars-Cov2”, especificou o PSG. “Ele está sendo submetido ao protocolo sanitário adequado”, disse.

LEIA MAIS:

>> Rooney pendura chuteiras para se dedicar somente ao cargo de técnico do Derby Country

>> Netflix lançará documentário sobre Pelé em fevereiro

>> CBF altera fórmula da Copa do Brasil e edição 2021 terá uma fase a menos; entenda

>> Real Madrid empresta atacante para o Eintracht Frankfurt

>> Reinaldo Rueda, ex-Flamengo, é o novo técnico da Colômbia

>> Neymar e Álvaro, do Olympique, se alfinetam após PSG conquistar Supercopa da França

>> TV Jornal atinge vice-liderança da audiência com Palmeiras x River Plate pela Libertadores

Três jogadores do elenco já haviam sido infectados recentemente e, portanto, vão ficar de fora do jogo contra o Angers. São eles: o brasileiro Rafinha, o alemão Thilo Kehrer e o jogador da seleção sub-21, Colin Dagba.  Pochettino (de 48 anos) assumiu oficialmente o PSG no dia 3 de janeiro e comandou o time em três jogos até agora. No último deles, na quarta-feira, em Lens, a equipe da capital francesa venceu o Olympique de Marselha por 2 a 1 e conquistou o Troféu dos Campeões (a Supercopa da França).

Foi o primeiro título de Pochettino como treinador, depois de não ter levantado troféus nos clubes anteriores (Espanyol, Southampton e Tottenham).


FECHAR