publicidade
14/01/21
João Paulo, ex-Santa Cruz, foi contratado em definitivo pelo Seattle Sounders. FOTO: DIVULGAÇÃO/SEATTLE SOUNDERS
João Paulo, ex-Santa Cruz, foi contratado em definitivo pelo Seattle Sounders. FOTO: DIVULGAÇÃO/SEATTLE SOUNDERS

Seattle Sounders compra João Paulo em definitivo, e Santa Cruz receberá aproximadamente R$ 2,1 milhões

14 / jan
Publicado por Lucas Holanda em Notícias às 11:36

Uma quinta-feira que começou boa para o Santa Cruz. Isso porque o Seattle Sounders, clube dos Estados Unidos, enfim exerceu a opção de compra e comprou o meia João Paulo, que pertencia ao Botafogo. Com essa transação, que custou US$ 1 milhão (Ou seja, R$ 5,3 milhões), o clube carioca fica com 60% deste valor, e o Tricolor com os outros 40%, ou seja, aproximadamente R$ 2,1 milhões, já que tem esse percentual dos direitos econômicos do atleta. Em entrevista ao comentarista Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal, o presidente do Santa Cruz, Constantino Júnior, confirmou a compra feita pelo clube americano junto ao Botafogo e também afirmou que o jurídico coral já está ciente desse valor e aguarda o repasse dos cariocas ao Tricolor.

“O Botafogo tem o compromisso de repassar parte do recurso para o Santa Cruz. Claro que já existem bloqueios intimando o próprio Botafogo e a CBF a realizar esses pagamentos. Na verdade, são direitos creditórios de credores do Santa Cruz, mas a gente espera uma comunicação oficial por parte do Botafogo. Inclusive a gente tentou contato com o jurídico do Botafogo na semana passada, por conta da possibilidade dessa compra, e ainda não tivemos a resposta do jurídico do Botafogo. Então a gente aguarda que o Botafogo cumpra o que está acordado, na verdade homologado. Então vamos aguardar os próximos passos. Esse pagamento sendo feito é importante demais para honrar compromissos”, afirmou o presidente do Santa Cruz.

LEIA MAIS

Santa Cruz: as dúvidas na escalação para decisão contra o Brusque

CBF escala árbitros Fifa para última rodada do grupo do Santa Cruz

Na matéria publicada pelo Globo Esporte.Com, a informação é de que o Seattle já havia pago ao Botafogo R$ 1,2 milhão em janeiro de 2020, ainda durante a pré-temporada, para contar com o jogador por empréstimo, que inicialmente seria até novembro, mas com a pandemia do novo coronavírus o calendário precisou ser mudado. Por conta disso, essa definição da opção de compra demorou mais do que o esperado, mas ainda foi feita dentro do prazo, uma vez que os americanos poderiam exercer isso até a sexta-feira. Ao ser questionado se o Santa Cruz tinha recebido algum valor no empréstimo de João Paulo ao Seattle, o presidente Constantino Júnior afirmou que isso não foi possível, uma vez que a ida do atleta para os Estados Unidos não tinha sido em caráter definitivo.

“Não (recebeu). A primeira passagem do João não tinha sido em caráter definitivo, e o Santa Cruz tem direitos econômicos sobre os direitos econômicos totais do atleta. Agora que ele está sendo negociado em definitivo, e por isso o Santa Cruz aguarda a manifestação do Botafogo, nosso jurídico está atento. Vamos aguardar o posicionamento deles para que a gente faça jus a esse recebimento. (João) foi um jogador que nos representou muito bem naquela campanha de 2015, no título da Copa do Nordeste e no bicampeonato pernambucano. É um jogador que é ídolo do Santa Cruz. Vamos aguardar os próximos passos desse recurso que certamente vai fazer a diferença e nos ajudar a deixar a casa em ordem”, finalizou o mandatário coral.

Com a camisa do Santa Cruz, o meia João Paulo fez história. É um dos ídolos da história do clube, tendo conquistado dois Campeonatos Pernambucanos, uma Copa do Nordeste e um acesso para a Série A.


FECHAR